Recomendação de Advogado Para o Visto O-1

Shawar_Law_Criminal_Law_Justice

(fonte da foto: www.shawarlaw.com)

 

Olá Pessoal!

Esta é uma das perguntas que mais as pessoas me fazem no blog sobre o visto O-1: quem foi o advogado que cuidou do seu caso?

Vou falar sobre isso hoje 🙂

Já vou começar o post falando que ESTÃO PROIBIDAS AS RECOMENDAÇÕES DE ADVOGADOS E PARALEGALS aqui no blog. Isso porque não conheço o profissional e, no passado, já tivemos problema com uma recomendação de alguém nos comentários e depois recebi mensagem de duas pessoas diferentes falando que o profissional era picareta 😦 Eu só recomendo aquilo que já usei e aprovei.

O nome do advogado que cuida do caso do Uka e do meu chama-se Mr. David Frenkel (aqui não chamamos advogado de doutor, a menos que este tenha feito doutorado, o que não é o caso do nosso).

O escritório do Mr. Frenkel já funciona há quase 40 anos e ele foi recomendado por uma amiga que já tinha usado os serviços dele.

O serviço dele funciona da seguinte forma: ele NÃO COBRA a consulta. Ela acontece por volta de 10 a 15 minutos e ele é BEEEEEM DIRETO: vai te falar suas reais possibilidades de acordo com a opinião profissional dele. Já teve gente que odiou ele (porque ele é bem direto e franco) e, para alguns, pode parecer falta de educação. Nunca tivemos problema com ele.

Ele é americano e só fala inglês (até onde a gente sabe). Não sei informar se alguém do escritório fala espanhol e acredito que ninguém lá fala português.

Os honorários deles funcionam da seguinte forma:

Ele cobra um valor de entrada (U$780.00) que inclui o valor do correio (U$30.00) e parte dos honorários dele (U$750.00). O restante dos honorários é para ser pago após a aprovação do caso. O valor total dos honorários é de U$3,000. Caso não seja aprovado, NÃO SERÁ PAGO O RESTANTE. Essa é a razão do porquê ele é tão chato na entrevista: ele só pega casos no qual acredita que possa ganhar.

O ponto negativo de ficar com ele para o visto O-1: os profissionais que trabalham com ele demoram muuuito para responder os e-mails e, muitas vezes não respondem. Por isso, sempre mandávamos cópia para o e-mail dele quando a pessoa não respondia. Esse é o único ponto negativo na minha opinião.

Eu tive muita confiança no processo com ele e nunca tivemos problema. O que ele prometeu ele sempre cumpriu.

Conforme eu já citei anteriormente, os honorários de um advogado para o processo do visto O-1 giram em torno de 5 a 10 mil dólares e NENHUM advogado que eu conheço/ouvi falar tem a mesma proposta que o Mr. Frenkel: a maioria dizia que tinhamos que pagar o valor integral e não tinhamos garantia nenhuma de aprovação (claro que com ele também não, mas como citei acima, ele não pega caso que não ache que vai ganhar).

Como meu dinheiro não nasce em árvore, eu decidi continuar com ele quando chegou o momento de fazer o meu visto O-1, mesmo sabendo da dor de cabeça de ter de ir atrás para saber como está o caso.

No caso do meu visto O-1, uma vez enviado o processo e pago o premium process (minha decisão), o resultado saiu em 10 dias.

O website do escritório é:

http://www.fhsllp.com/

O endereço é:

49 W. 37th Street, 9th Floor, New York, NY 10018. 

 

Eles funcionam de

segunda a quinta das 9:00 às 18:00 e de sexta das 9:00 às 17:00.

 

Para fazer perguntas e agendar uma consulta, é possível fazer através do telefone:

(212) 679-4666

ou com o próprio Mr. Frenkel, no e-mail

dfrenkel@fhsllp.com

 

Ele vai perguntar quem foi que indicou. Pode dizer que foi o Antonio Guimaraes (Uka Gameiro – drummer) ou a Cristiane Passarela (Clinical Psychologist). Não ganhamos UM CENTAVO pela recomendação (que fique bem claro).

 

Boa sorte!

 

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

Advertisements

O Português do Lukinha

bilingual

 

Olá Pessoal!

Alguns meses atrás, eu escrevi sobre a questão da confusão na cabeça do Luquinha para falar inglês e português. A professora havia recomendado que eu forçasse mais o inglês dele, pois ele estava tendo muita dificuldade na escola. Escrevi sobre isso no meu Facebook e recebi uma enxurrada de comentários falando que eu NÃO deveria deixar de falar português com ele. Como eu sempre sigo o que os outros falam #sqn…decidi começar a conversar em inglês com o Lukinha. Não deixei de conversar em português com o Uka e com os meus poucos amigos daqui. Mas falava apenas 20% em português com o Lukinha.

Depois de algumas semanas, a professora relatou que ele já estava falando bem melhor o inglês e pediu para que continuasse o que eu estava fazendo com ele, para que Lukinha pudesse passar de ano. E, por fim, deu certo!

Aqui temos muito pouco contato com pessoas que falam português (incluindo o pouco contato familiar com pessoas do Brasil) e, por isso, a exposição do Lukinha restringia-se basicamente a mim, Uka e alguns vídeos em português.

Este ano, o inglês do Lukinha deslanchou e a professora nova sempre frisou como ele se destacava entre as crianças 🙂 ❤

E, de maio para cá, Lukinha…POR CONTA PRÓPRIA, passou a se esforçar mais para falar português. E acreditem, com o esforço dele e nosso, já consegue formar frases inteiras e, até se expressar emocionalmente em português 🙂

A última vez que Lukinha pisou no Brasil foi em 2012, quando ele tinha apenas 1 ano e estava começando a falar.

Sei de muitas crianças que, com a idade dele, já estão super bem no português e, até mesmo em um terceiro idioma. Mas gente, devemos seguir de acordo com o ritmo de nosso filho. Como eu disse anteriormente, português não é a lingua materna dele e, se ele estava se prejudicando na escola, por que eu deveria insistir com algo assim?!

Eu nunca desisti de ensiná-lo português, mas SIM…precisei dar um tempo no idioma para que meu filho pudesse fluir na lingua materna dele.

O meu desabafo de hoje vai principalmente para aquelas mães que são METRALHADAS na internet (como eu fui) e que precisam tomar uma decisão importante em relação ao seu filho.

Eu segui o que acreditava e deu certo. O Lukinha poderia ter desistido completamente do português, mas esse foi um risco que tomei 😉

Ontem, fui checar o boletim do Lukinha e vi que ele recebeu nota MÁXIMA no quesito COMPREENSÃO DE TEXTO. Segue a explicação da professora: “ele aplica o pensamento crítico para ampliar o entendimento de conteúdo e contexto”. Além de ter recebido nota máxima para o desenvolvimento social-emocional!!!!

Olha, criar filho longe da origem materna é difícil, mas é possível. Como dizia a minha avó: “é preciso ter ouvido de mercador para lidar com certas coisas” e isso se aplica totalmente aqui 🙂 🙂 🙂

Vejo vocês no próximo post! Byyyyyeeeeeeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

Recebi a Aprovação do Visto O-1. E agora?

signpost

 

Olá Pessoal!

Depois de passar por todo o estresse da aplicação do visto O-1, quando chega o resultado da aprovação, nós nos perguntamos: e agora, José?! 🙂

Vou explicar para vocês o que é preciso fazer para começar a trabalhar aqui.

A primeira parte é verificar se é preciso algum tipo de licença no seu campo de atuação. No meu caso, por exemplo, fui em busca da licença de Mental Health Counselor (já que para ser psicólogo clínico, é preciso ter doutorado – coisa que eu ainda não terminei). Isso, dependendo da licença, pode ser tirada até antes do visto. Eu fiz isso 😉 Esse processo pode levar meses, então sugiro que pesquise a necessidade da licença ANTES de aplicar para o visto.

Depois, é preciso do Social Security Number (SSN) que é o CPF daqui. Isso é resolvido em um dia e, a espera pelo número é de 2 semanas. Você não poderá ser pago LEGALMENTE sem esse número. No meu caso, já com a autorização em mãos, eu comecei a trabalhar e, peguei o SSN no primeiro dia de folga que eu tive. Assim, todo esse processo foi feito antes do mês fechar e eu poder receber meu dinheiro 🙂 Veja que isso muda de empresa para empresa. Veja com o seu empregador como é que fica esta questão. Vou fazer um post separado contando sobre essa experiência e com os links apropriados.

Se você não precisa viajar a trabalho para FORA dos EUA, NÃO é preciso sair daqui e ir buscar o stamp do visto no Consulado no Brasil (ou em qualquer lugar do mundo). Só precisa dele se você for sair do país e precisa voltar. Já ouvi advogado falando que é necessário, mas NÃO É. O processo do visto é caro e o stamp só é válido por 3 meses 😦

E pronto!!!!! 🙂

Estes são os passos que nós tomamos com o nosso visto e esta é a nossa experiência (que já vem desde 2009).

Caso queiram deixar alguma dica importante sobre isso, por favor, deixem o seu comentário.

Perguntas SÓ serão respondidas no post 🙂

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala –  @viajantesemmala

 

 

O-1A: O Visto para Habilidades Extraordinárias no Campo da Ciência e Educação

7FLAG.70385.JPG

Fonte: http://www.mercatornet.com

 

Olá Pessoal!

Como vocês já leram em outros posts publicados no blog, o meu marido possui o visto O-1 e eu possuía o O-3. Digo possuía porque no ano passado eu troquei meu visto para o O-1A 🙂

Como foi a primeira aplicação para o visto, eu vou contar como foi o processo comigo, mas não tenho tanta experiência com este visto especifico para a área da Ciência/Educação (que é a minha – sou psicóloga clínica). Lembrando que este visto também serve para atletas e pessoas da área de business.

O processo foi feito com o mesmo advogado que fez o O-1 do Uka e, para falar a verdade, ele não estava muito seguro com o meu caso, pois NUNCA havia feito o processo para um psicólogo. Depois que entreguei todos os documentos para ele, ele solicitou que uma pessoa, que trabalha na imigração (ou já trabalhou, não sei), fizesse uma avaliação do meu material e, para a surpresa dele, disseram que o meu caso era forte e que as chances de ser recusado eram mínimas.

Com isso em mente (e com a pressão da minha chefe, que estava assinando como minha empregadora), optamos por fazer o processo PREMIUM, no qual o material é visto e o resultado sai em 15 dias. No meu caso, saiu em 1 semana. Não pediram NADA extra para o meu caso, ou seja, a imigração se contentou com os documentos submetidos.

Ao contrário do O-1 para músico, não precisei mandar itinerário. Foi colocado que eu trabalharia em um consultório, para esta empresa, que já emprega 4 americanos e que eu ganharia um salário bem decente 😉

Neste post, vou escrever o que eles pedem, em geral, e em posts posteriores, vou detalhar como eu fiz para provar as categorias na qual eu preenchia os critérios.

Se eu tivesse recebido algum prêmio grande internacional, como o NOBEL, só ele já me daria o visto. Como este não foi o caso 🙂 , era preciso preencher, pelo menos, 3 critérios desta lista abaixo:

  • Ter recebido prêmio(s), nacional ou internacional, de grande reconhecimento, pela sua excelência, no seu campo de atuação;
  • Fazer parte de associações no qual, para fazer parte, exija expertise do indivíduo (ou seja, não só pagar para fazer parte);
  • Publicação de material em revista científica ou revistas/jornais/mídia falando sobre o indivíduo ou sobre o trabalho dele.
  • Contribuições de grande significância no campo de atuação, com produção original.
  • Autoria de artigos em revistas científicas ou outros importantes meios de comunicação no seu campo de atuação.
  • Um salário alto ou outra remuneração por serviços (é preciso apresentar contratos ou outras evidências para este item)
  • Participação em um júri, ou individualmente, como avaliador do trabalho de outros, no mesmo campo de atuação ou em um campo de especialização aliado ao seu campo (no meu caso, eu já fui avaliadora no meu campo e no campo da psiquiatria)
  • Emprego em lugares com distinta reputação.

Atenção: se estes critérios acima não se aplicam exatamente a ocupação do aplicante, é possível mandar evidência comparável para que se possa estabelecer a elegibilidade dele.

Nos próximos posts, vou explicar como eu preparei a minha documentação para cada um dos ítens exigidos.

Perguntas podem ser feitas no próprio blog e serão respondidas aqui. Não respondo mensagens por e-mail e nem na nossa página no Facebook.

 

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

 

Tenha Cuidado com o Fogo!

GTY_east_village_fire_2_sk_150326_1_31x13_1600

Olá Pessoal!

Ontem, uma paciente me contou como estava chocada com um incêndio que houve no Queens e que matou 5 pessoas. Eu só fui saber disso hoje, pesquisando na internet. Decidi colocar o link na nossa página no Facebook, masssss depois vi que a notícia tinha um potencial para um post 🙂

Gente, aqui é muito fácil as casas pegarem fogo: eu mesma já passei por essa situação aqui em NY. E foi por um hóspede, uma vez, deixar as chamas ligadas e ir dormir, que eu decidi que meus hóspedes não poderiam mais utilizar o fogão. Se vocês soubessem quantas mensagens desagradáveis eu já recebi sobre essa questão: de que eu sou mesquinha, má, que eu quero economizar dinheiro, etc.

Não gostei das mensagens, mas não me abalei, pois meu motivo é muito forte para esta proibição: NÃO QUERO CORRER O RISCO DE VER O MEU APARTAMENTO QUEIMADO E FERIDOS/MORTOS por causa disso.

E para quem não hospeda-se conosco, a dica segue a mesma: muito cuidado com o uso de fogão em NY. Inclusive, velas são perigosas também.

Eu já falei isso em um outro post no blog (no qual eu falei da experiência pela qual eu passei com incêndio) que o melhor é sempre deixarmos nossas coisas em ordem no quarto para o caso de termos de evacuar correndo o local. Isso pode acontecer não só por uma questão de incêndio, mas também por uma questão de segurança 😉

O link do incêndio que eu falei no início do post é esse:

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala   @viajantesemmala

Qual é o Seu Nome?!

 

Olá Pessoal!

Uma coisa que sempre me deixou um pouco “sem jeito” aqui nos EUA foi essa questão da pessoa ser conhecida pelo sobrenome. E olha, aquilo que você aprende nos livros de inglês sobre a frequência de se usar o sobrenome é o que acontece. E vou contar para vocês a coisa que eu acho mais incômoda nisso tudo: nome de professor.

Gente, meu filho passou o primeiro ano de escola com uma professora e eu nunca fiquei sabendo o primeiro nome dela. Aqui, as crianças não chamam “Tia Fulana” (usando o primeiro nome). É SENHORA ou SENHORITA X (se usa o SOBRENOME e não o primeiro nome). E isso até com as crianças bem pequenas (como é o caso do meu filho, que entrou na escola com 4 anos).

Semana passada, fui comprar um livro online para o meu filho e tinha que colocar o nome da professora. Foi só nesse dia que eu fiquei sabendo o nome dela, ou melhor, o primeiro nome dela 🙂 Aí, já aproveitei e busquei o primeiro nome da primeira professora do meu filho…rs.

Eu posso estar errada, mas aquela pessoa que cuida do nosso filho muitas horas, deveria considerar-se mais íntima dos pais. Não sei se é porque estou pensando com a cabeça de brasileiro, mas eu gostaria SIM de chamá-la pelo primeiro nome ❤

Essa experiência de chamar a professora de TIA, meu filho não vai ter. Aliás, ele diz que elas não gostam nem que chamem por TEACHER, já que elas têm um nome 🙂

Quando estiver nos EUA e alguém perguntar o seu nome, você dirá o seu nome todo e, caso a pessoa tenha conseguido entender (hahahaha), ela provavelmente vai te chamar pelo sobrenome (dependendo do grau de intimidade de vocês).

Acho muuuuito estranho meus pacientes ficarem me tratando também pelo meu sobrenome. Ainda não me acostumei. Mas, hey! Quem sou eu para ficar questionando essa cultura que eu escolhi para ser minha pelo resto da minha vida 😉

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala   (@viajantesemmala)

Não Podemos Deixar de Falar Sobre Isso!

us_border

 

Olá Pessoal!

Como prometido, venho aqui contar para vocês como está a questão da imigração com o novo governo. Tudo o que vou falar aqui é o que vejo e ouço em NY e NJ. Não sei se o mesmo acontece em outros estados, mas acredito que não deva estar muito diferente.

Se vocês passarem por alguns grupos do Facebook de brasileiros que moram foram, verão dois grupos distintos: aqueles que dizem que NADA está acontecendo e que é só um medo da população e outro de pessoas que estão realmente preocupadas e temerosas por seu futuro com esse novo governo.

Bom, tenho visto muito mais policiais nos metrôs. Isso acontece quando há suspeita de algo mal e, tenho lido e ouvido (inclusive de pessoas próximas) de que estes policiais estão parando e checando documentos. Ouvi pessoas falarem que: “estes policiais não podem fazer nada”. A verdade é que QUALQUER PESSOA pode denunciar uma pessoa ilegal. E se esta pessoa preencher os critérios de COMETEU UM CRIME, pode sim!

Aí, vamos para a questão: “ah, mas o governo está atrás dos criminosos”. Realmente é isso o que parece, mas veja só uma coisa: além de estarem atrás de criminosos (que mataram, roubaram, etc), estão atrás de pessoas com documentos falsos. E é aí que o problema começa, pois MUITOS ilegais compram documentos falsos para poderem trabalhar. Infelizmente, é só assim que muitos conseguem emprego. E sim, isso também é considerado crime (acredito que em qualquer lugar do mundo).

Ficar ilegal é contra a lei e usar documento falso também. E não interessa que muita gente faz e não é pego. Isso não significa que isso seja correto aos olhos do governo.

A questão da imigração é muito complexa e não estou aqui para julgar quem faz ou não, pois cada um sabe de si. O objetivo maior desse post é alertar as pessoas que há gente sendo presa e deportada (inclusive, ontem fiquei sabendo de um segundo caso de uma pessoa conhecida). O governo do Obama foi o que mais deportou (isso é fato!), mas parece que o atual governo está um pouco mais “agressivo” em relação a isso. Mas hey, esse é um risco que sempre se corre. Porque, se não é o governo indo atrás, é um espírito de porco que pode denunciar. E sobre esta questão, eu falarei para vocês em outro post!

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@gmail.com)

Novidades Para Este Ano!

novidades-paint-600x504

 

Olá Pessoal!

Puxa, estava com saudades de vir escrever aqui no blog ❤

Há muita coisa acontecendo em nossas vidas e, meu tempo tem sido bastante reduzido. Com a redução do tempo, acabo me dedicando mais ao meu blog profissional (www.cristianepassarela.com) e esse acaba ficando em segundo plano 😦

Mas, vamos mudar isso já!!!! E, para isso, vou contar um pouquinho as novidades, ou melhor, as mudanças que estamos fazendo:

Amiga de aluguel:

Gente, tive que parar com essa atividade por completa falta de tempo. Não vou mentir que sinto falta, mas não estou podendo mais conciliar com as minhas outras atividades. Para não dizer que estou completamente afastada dessa atividade, quando alguma cliente (que já usou o serviço) me recomenda ou ela mesma quer usar, eu tento dar um jeitinho e faço. Mas é só! Não estou conseguindo atender as novas clientes 😦

Aluguel de quarto:

Realmente, este será o nosso último ano alugando. Em 2017, vamos focar principalmente nos pedidos de ex-hóspedes e de recomendações de amigos. Vamos parar de divulgar nos grupos do Facebook para que possamos dar prioridade também para, além das pessoas citadas, àquelas que já seguem a gente no Facebook e que já manifestaram vontade de ficar com a gente ❤

Dicas de NY:

Infelizmente, não estou conseguindo acompanhar muito a vida agitada de NY 😦 Muitas vezes, começo a trabalhar as 7:30am e só páro as 6:00pm. De qualquer forma, tudo o que eu recebo de informação eu repasso para vocês. Mas a minha idéia é voltar a idéia inicial do blog que é contar sobre a minha vida aqui, as curiosidades da cultura, etc. Vamos ver como eu me saio com isso 😉

Este é um ano de preparação e muito trabalho para mim pois tenho projetos ambiciosos para os próximos dois anos (e sim, virei contar para vocês quais são)!!!!

Espero, sinceramente, organizar-me melhor para escrever mais neste blog que é o meu xodó e que já tem mais de 9 anos de vida ❤ ❤ ❤

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

 

 

 

Compras Para os Nossos Animais de Estimação em NY

pet-default

 

Olá Pessoal!

Mesmo não tendo um pet em casa, de vez em quando alguém me pergunta onde comprar coisas para eles. Vou falar para vocês onde eu encontro coisas para pets em NY.

As opções são até boas (eu acho) e vou começar pela ordem de uso…rs:

 

  • PETLAND: é uma loja especializada em pets. Tem de tudo um pouco e não é difícil de encontrá-la em NY. Só na minha vizinhança, temos DUAS lojas.
  • Target: mesmo o estoque sendo pouco, é possível encontrar uma sessão só para eles.
  • Century 21: apesar do inventário restrito, é possível encontrar um brinquedinho ou mesmo uma roupinha para o seu pet.
  • Marshalls: mesmo esquema da Century 21.
  • TJMax: mesmo esquema da Century 21 e Marshalls.
  • Amazon: variedade maior e possibilidade de entrega nos lockers deles.
  • Bed, Bath & Beyond: uma variedade um pouco maior de “mimos” para os nossos pets. Possível olhar as coisas online e fazer a reserva para buscar na loja.
  • Farmácias: sim, também é possível achar algo para eles, mas na base do “emergência”
  • Lojinhas de 1 dólar: comece por estas para fazer as suas compras.
  • Supermercados: vai encontrar mais ofertas de comida para os pets, mas pode encontrar um presentinho e outro 😉

 

A lista é bem maior se você busca aquelas lojas mais especializadas e cheias de frescura 🙂

As lojas listadas acima são as mais “baratinhas” 😉

 

Lembrando que eu não tenho pet, mas de vez em quando eu faço compras para os pets da família ❤

 

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

Propaganda de Advogados na Televisão

Olá Pessoal!

Eu sei que no Brasil propaganda de advogado na TV é proibido, mas aqui, o negócio é exatamente o oposto 🙂

TODOS OS DIAS eu vejo a propaganda de um advogado. E comparando o volume de propaganda em canais como FOX, por exemplo, com o Telemundo (canal hispano), o negócio é ainda mais “pesado”. Uma vez, assistindo 2 horas do canal, vi CINCO propagandas de advogados. Talvez isso ocorra porque muitos hispanos trabalham na construção civil e acabam se machucando.

E aqui, o negócio é o seguinte: achou que os seus direitos foram violados, PROCESSO NELE(S). E isso é para tudo, inclusive na parte da tarde, há muitos programas que mostram um juiz dando o veredito de muitos casos (como um reality show mas com casos verdadeiros – em teoria, sem encenação).

No inicio da minha vida em NY, eu estranhava muito estas propagandas, mas além de usarem a TV, também usam o metrô para divulgar. E, gente, fazem MUUUUUITO DINHEIRO. Não é difícil pegar casos de acidentes de construção, por exemplo, onde a pessoa recebe 1 milhão. Por isso, tem tanta gente tentando fraudar e conseguir estas indenizações milionárias.

Abaixo, deixo para vocês o link de uma propaganda em inglês:

 

Esta é uma das propagandas em espanhol:

 

Agora vejam só como o mundo gira: eu já cheguei a rir de muitas propagandas (porque eram tão toscas que você acaba rindo) e hoje trabalho recebendo pacientes de advogados que trabalham com isso 🙂

Abaixo, segue uma propaganda que até o Lukinha achava graça quando era muito pequeno (este foi o único vídeo que encontrei no youtube):

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)