Calcule o Preço dos Produtos Vendidos em Maior Quantidade

Olá Pessoal!

O nosso assunto de hoje é: COMPRAS! 🙂

Eu não sei se vocês são como eu, mas eu sempre tive esta idéia de que, quanto mais unidades compramos de um produto, menor é o preço por unidade. Alguém aí pensa como eu? Não deveria ser essa a idéia? Infelizmente, não sei porque, aqui em NY as coisas não são sempre assim 😦

Sempre que você visitar uma loja, calcule o preço UNITÁRIO do produto, porque existe a possibilidade de você estar pagando muito mais por um produto sem necessidade.

Um exemplo de onde eu já encontrei discrepâncias: Absorvente feminino. Um pacote com 27 unidades deve sair mais caro do que um de 36. Confere? Sim, LÓGICO! Agora, calcule o valor de cada absorvente e você poderá ver que pode sair mais caro comprar o pacote de 36 do que de 27. Uma vez, a diferença era de 3 centavos para cada absorvente. À primeira vista, pode parecer coisa de gente avarenta, mas se for juntar todas estas diferenças no final do ano (ou no final da viagem), é uma economia boa 🙂

Em outras ocasiões, o preço será o MESMO! E, neste caso, você precisa “calcular” se é melhor comprar a embalagem maior ou menor. Eu, particularmente, nestes casos, sempre acho a menor melhor, pois fica mais fácil de distribuir pela mala 😉

No item FRALDAS, que era algo que Lukinha consumiu por muito tempo (até os 4 anos), a diferença de um pacote de fraldas com poucas unidades para um com mais unidades poderia ser ENORME. Já vi diferença de 15 centavos entre pacotes com menos unidade. Por isso, o negócio é fazer as contas.

E esta “lógica” serve também para itens alimentícios. Neste caso, é preciso calcular pelo peso 😉

Eu sei que pode parecer loucura ficar fazendo conta e mais conta na hora de comprar, mas se você é como eu, que precisa ralar bastante na vida para botar dinheiro dentro de casa, qualquer trocado é uma baita economia 🙂

Lembrando que os produtos da prateleira não estão acrescidos com os impostos (taxes) que, em NY, são de 8.875% (para sapatos e roupas com preço unitário menor do que U$110.00, não há taxas)

#dicadaviajantesemmala

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

“Visitando” uma Delegacia em NY

Olá Pessoal!

Outro dia, uma pessoa me perguntou sobre as delegacias daqui e eu pude responder, pois já as visitei DUAS vezes. Depois, me lembrei que nunca havia falado sobre isso aqui no blog. Então, VAMOS AOS FATOS 🙂

A primeira vez que eu fui a uma delegacia em NY foi em 2008, quando eu fui pedir ajuda a polícia para tirar uma roommate que não estava pagando o aluguel e estava me ameaçando 😦 Eu estava com medo e pedi aos policiais para me ajudarem com o caso. Bobinha eu achando que íam ajudar a resolver…rs Eles disseram que, infelizmente, isso era muito comum em NY e que tentássemos conversar (olha, eu nem tinha pensado aqui…eles descobriram a pólvora). Enfim, prometeram que iriam passar em meu apartamento e NÃO FIZERAM 😦

A delegacia fica na minha vizinhança em Astoria e, parece igualzinha a dos filmes 🙂 Como eu estava muito irritada nesse dia, nem consigo me lembrar ao certo dessa visita.

Na segunda visita a delegacia, o motivo foi bem pior: o Uka foi assaltado 😦 Isso foi em 2010, quando morávamos no Brooklyn. Ele foi assaltado por 3 indivíduos armados, às 3:00 da tarde e em frente ao prédio que morávamos.

Desta vez, fomos a uma delegacia do Brooklyn para prestar queixa. Não posso reclamar do atendimento: foram atenciosos e não esperamos muito para sermos atendidos. Fomos atendidos por dois investigadores (de paletó e gravata) que nós disseram que o Uka foi alvo por ser branco 😦 (a vizinhança de onde morávamos era composta de 97% afro-americanos, de acordo com o policial). Não pude deixar de comparar a minha experiência com os filmes policiais americanos: a forma do policial de coletar informações sobre o incidente parecia script e SIM, me senti num filme policial…rs

No dia seguinte, os policiais passaram em casa e levaram o Uka, em um carro a paisana, para andar pela vizinhança e tentar encontrar os meliantes. Infelizmente, não foi possível identificar, mas pelo menos, sentimos que os policiais estavam tentando fazer o trabalho deles 🙂

Espero não ter que entrar em uma delegacia novamente, pelo menos, pelos próximos 10 anos 🙂

Minha experiência com os policiais em NY é a seguinte: SEMPRE foram educados comigo, mesmo quando eu só cheguei neles para pedir informação pois estava perdida…rs O único episódio ruim foi quando o Uka perdeu meu celular e fomos buscar ajuda e eles disseram que não podiam fazer nada. Entendi o porquê (apesar da frustração de não poder reaver o telefone).

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

Bruno Mars em NY

Olá Pessoal!

Eu e Lukinha somos fãs do Bruno Mars 🙂

Por isso, decidi falar hoje um pouquinho do novo show dele que haverá em NY em setembro deste ano 🙂 Se você estiver em NY, não deixe de ir, pois vale MUITO A PENA!

Dias 22 e 23 de setembro, ele estará no Madison Square Garden (ali pertinho da Macy’s). Caso não dê para ir nestes dias, ainda há o dia 26 de setembro (será em Newark, no Prudential Center), dia 29 de setembro em Washington, DC (no Verizon Center) e, por fim, dia 4 de outubro no Barclays Center, no Brooklyn.

O Bruno Mars, que tem o nome de batismo de Peter Gene Hernandez, nasceu no Hawai e, além de cantar, ele também compõe músicas e, dizem, é o responsável pelas coreografias no palco. O show dele vale à pena não apenas pelo músico/artista que ele é, mas também pela banda, que é muito boa 😉

O primeiro álbum dele foi lançado em 2010 e, ele já é ganhador de QUATRO Grammys, além de outros prêmios grandes na área musical. Ele já tocou no SUPER BOWL, que já trouxe artistas grandes, como Madonna e Michael Jackson. Você tem que ser muito F…. para tocar no Super Bowl 🙂

Por falar em Super Bowl, tá aqui um link com um vídeo da apresentação:

Para comprar o ingresso, o link é esse aqui:

http://www.ticketmaster.com/Bruno-Mars-tickets/artist/1466801

Quem vamos?! 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

A Proibição de Aluguel de Apartamento pelo Airbnb em Nova York

Olá Pessoal!

Este é o nosso primeiro post do ano de 2017 e começa com a sugestão de uma amiga lá da nossa página do Facebook (www.facebook.com/viajantesemmala). Ela “gostaria de entender um pouco mais porque ainda há anúncios de apartamentos em grupos de Facebook se eles estão proibidos por lei em NY. São todos que estão proibidos ou apenas alguns?”. Eu já falei algumas vezes sobre isso lá no Facebook, mas ainda não havia escrito nada FORMAL aqui no blog 😉

Vamos a explicação!

É preciso deixar bem claro qual o tipo de aluguel que é LIBERADO e o que é PROIBIDO.

É PROIBIDO alugar um apartamento sem o dono (entenda-se aqui locatário) dentro. Ou seja, neste caso, é proibido o aluguel de apartamento para menos de 30 dias de uso.

O que é PERMITIDO é a pessoa alugar um quarto dentro de um apartamento COM O LOCATÁRIO DENTRO. Sei que há pessoas que transformam o apartamento quase como que em uma república e alugam quartos (mas NÃO ESTÃO MORANDO LÁ ou não estão lá no momento do aluguel). Isto é PROIBIDO. Por exemplo: alugamos um quarto em nosso apartamento e ficamos aqui dentro (vivendo) no momento em que o hóspede chega. Isso PODE! Se eu quiser sublocar por 2 semanas o meu apartamento porque estarei viajando, por exemplo, isso é ILEGAL.

Eu não entendo como os moderadores de grupos do Facebook permitem este tipo de publicidade. Eu já vi gente comentando que cada um é livre para fazer o que quer. Infelizmente, há muitas pessoas desavisadas (diria até INGÊNUAS) que acham que, porque a publicidade está dentro do grupo, então PODE e correm um sério risco de serem DESPEJADOS por algum vizinho do prédio que chame a polícia. Ano passado, eu recebi TRÊS PESSOAS nestas condições. Infelizmente, nenhum deles autorizou divulgação da história 😦 (ainda tenho esperanças de que o caso mude 😉 ).

Outra coisa que é preciso tomar muito cuidado é que, com o aumento deste tipo de aluguel “clandestino”, tem gente que, para fazer dinheiro, acaba alugando em áreas não tão legais e, acabando expondo o hóspede a um risco desnecessário.

Segue aqui a reportagem (em português) falando um pouco sobre isso:

http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/10/estado-de-nova-york-aprova-lei-que-restringe-alugueis-pelo-airbnb.html

E, gente, não é porque fulano alugou nesse esquema e deu certo que a proibição não exista e que não seja arriscado. Infelizmente, as ofertas deste tipo continuarão no Facebook (estão tirando este tipo de oferta pelo Airbnb por causa da lei) porque há pessoas que não ligam para este risco. Quem está alugando (oferecendo o aluguel), COM CERTEZA, não se importa com isso e nem com o risco que o turista corre de ficar na rua se for despejado 😦 Isso é responsabilidade de quem vai ficar no apartamento.

Eu diria que é QUASE o mesmo risco de vir para os EUA sem seguro viagem: é sempre um risco e tem gente pagando para ver 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

E o Que Tivemos para 2016?!

Olá Pessoal!

Mas é claaaaaro que eu não poderia terminar o ano sem escrever um post para contar como foi o nosso ano de 2016.

Foi bom! 🙂 Muito bom! 😉

Assim como nos outros anos, conhecemos tantas pessoas legais que ficaram aqui com a gente e também tivemos a oportunidade de receber novamente hóspedes que ficaram aqui em outros anos 🙂 Deve ter tido algum, mas não consigo me lembrar de nenhum contratempo nessa área de hospedagem. Ficamos sempre muito felizes em fazer parte da primeira viagem de algumas pessoas a NY. E é por isso que sempre fazemos tudo o que podemos para que a hospedagem seja a melhor possível. E, modéstia a parte, acho que conseguimos atingir o nosso objetivo com a maioria dos nossos hóspedes ❤

Infelizmente, com a correria da vida, não pude dedicar o tempo que eu gostaria a nossa mídia social. Ainda mais depois que criei a minha página profissional (www.cristianepassarela.com). Mas, posso dizer que todas as vezes em que eu estive aqui postando no blog, foi de coração. Como vocês sabem, não somos um blog de viagem e não vivemos de patrocínio. E aqui na América, se você não trabalha, o dindim não entra…rs

Conquistamos em 2016 muitas coisas bacanas na nossa vida profissional e eu estou muito feliz com o meu atual trabalho. Não é AINDA onde eu quero chegar, mas já é um grande passo. Aliás, não esqueçam de ir conhecer o consultório e tomar um cafezinho comigo 😉 Segundo dizem, eu faço um excelente chocolate quente 🙂 🙂 🙂

Assim como todos os anos, agradecemos os erros e acertos de nossa vida! E a possibilidade de nos erguermos após cada adversidade, após cada tropeço.

E claaaaro, agradeço MUITO por ter meu pequeno em minha vida. Tão lindo!!!! E fiquei muito feliz em ver como ele foi gentil com os nossos hóspedes. E, sim, agradeço a todos que foram gentis com ele. Lukinha vem deixando um rastro de fãs pelo caminho dele…rs Inclusive, uma ex-hóspede nossa disse que colocou o nome do filho dela de Luka por causa do Lukinha ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

Agradecemos a todos os mimos que recebemos neste ano de 2016: comemos tudo e usamos tudo o que chegou as nossas mãos. Obrigada pelo carinho! E olha, o Lukinha lembra exatamente o que ganhou de cada pessoa 🙂

Já estamos super animados para o ano de 2017, pois os projetos e metas não param de rondar a minha mente.

E sim, para quem curte a nossa mídia social: quem curte os posts, as fotos, que comenta e compartilha suas informações com a gente, NÃO SE ESQUEÇAM DA GENTE NO PRÓXIMO ANO 🙂

E agora me despeço com a obra do Lukinha para vocês ❤

fullsizerender

 Vejo vocês no próximo ano 🙂 Byeeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

Dica para Comer Barato em NY: Sushi & Suco Orgânico

Olá Pessoal!

Essa é uma dica que eu sempre compartilho com os nossos hóspedes e agora vou compartilhar com vocês também 😉

De vez em quando, eu e o Uka compramos esta bandeja de sushi (foto abaixo) para comermos em casa ou mesmo lá pela Union Square (ou qualquer parque perto).

img_0069

 

Esta bandeja nós compramos no supermercado Trader Joe’s e sai por menos de U$7.00. Vem 16 unidades e dá e sobra para duas pessoas (NUNCA nós comemos e ficamos com fome depois). De quebra, nós aproveitamos para comprar um suco natural vendido no mesmo supermercado. Geralmente, compramos o de cenoura (já que não fazemos este tipo de suco em casa 😉 ). Existe a opção de comprar o tamanho pequeno e grande.

E pronto! Com menos de U$10.00, é possível dividir esta refeição em dois e economizar. Além de pagar pouco, ainda come saudável 😉

Aqui vai a dica do supermercado:

TJ’s Chelsea
675 6th Ave
New York, NY 10010
212-255-2106

Aproveitem para fazer umas comprinhas nesse supermercado que é M-A-R-A. Eu diria que é a versão barata do Whole Food.

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

 

O Mundo da Home Depot

Olá Pessoal!

Eu não sei de vocês, mas eu adoro fazer compras, principalmente para a casa (muito mais do que para mim…morro de preguiça de procurar e experimentar…rs). Adoro fazer reparos em casa e a minha loja preferida para encontrar tudo aquilo que precisamos para isso é a HOME DEPOT.

Entre os meus clientes homens do amiga de aluguel, esta é uma das lojas preferidas deles. Tem gente que pode passar horasssss dentro dela. Aliás, um cliente dizia que era a “Disneylandia” dele.

Essa loja é muito parecida com uma loja que tinha antigamente em SP chamada “pega e faça” (acho que era isso). Minha mãe diz que parece uma loja do Brasil chamada “tende tudo”.

Tem uma loja enorme aqui na minha vizinhança e é ela que sempre nos salva quando precisamos comprar algo para consertar um problema da casa.

Tem uma loja deles lá perto do Flatiron Building e, que eu acho que vale a pena a visita…nem que seja para usar o banheiro da loja 😉

Para quem gosta de ferramentas, este é o canal 😉 E ainda tem a facilidade de poder comprar e fazer store pick up (que é quando você faz a compra online e vai só buscar na loja).

Se quiser dar uma olhada no que eles vendem, é só acessar: http://www.homedepot.com

Caso não deseje comprar nada, dá uma olhada na página que, pelo menos, terá muitas sugestões para casa 😉

Dica: os tapetes que eles vendem são bem legais 🙂

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

Furo na Orelha das Recém-Nascidas

Olá Pessoal!

Esse é um tema que surgiu esta semana, fruto de uma pergunta de uma vizinha sobre QUANDO eu havia furado a minha orelha. Expliquei que no Brasil, furar a orelha quando bebê é algo natural e cultural. Aliás, na minha época, as crianças já saiam da maternidade com a orelha furada e era bem raro ver uma menina SEM brinco.

Mas aqui não é assim! 🙂

A primeira vez que eu me dei conta disso foi quando eu, trabalhando como babá para uma família americana e cuidando de duas meninas, dei um par de brincos de aniversário para a mais velha. A mãe, muito gentilmente, veio me explicar que as meninas não tinham a orelha furada e que esta seria uma decisão DELAS quando estivessem maiores. Eu JURO que nunca tinha prestado atenção nesse detalhe 😦

Quando a Gisele Bundchen furou a orelha da filha dela (e acho que foi quando já estava um pouquinho maior, tipo uns 7 ou 8 meses e não na maternidade) saiu em tudo quanto é noticiário. Parecia que ela havia cometido um pecado capital. Mas é que, para alguns aqui, isso beira a crueldade, já que é algo sem o consentimento da criança e que está como que “molestando” o corpo da criança.

Se jogar no google esse assunto vai encontrar. Eu vi esse aqui:

http://www.huffingtonpost.ca/2013/07/30/gisele-bundchen-daughter-pierced-ears_n_3675802.html

Portanto, se você pensa em ter um filho com um americano, tenha a certeza de que tudo seja conversado antes de ser feito.

Acredito que para nós brasileiras, parece ser algo tão NATURAL, que nem nos damos conta. Contudo, não é assim que é visto por aqui 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeee

Papai Noel na Macy’s – 2015

Olá Pessoal!

O Natal já está chegando e, por isso eu decidi postar a nossa visita ao papai Noel para contar como foi a nossa experiência do ano passado. Fizemos um post em 2014 contando a experiência naquele ano e, relendo o que escrevi, posso dizer que a experiência de 2015 foi bem diferente. Este ano Lukinha não foi ainda ver o bom velhinho, mas estamos nos preparando para fazer isso.

Em 2015, pegamos uma pequena fila para ver o papai Noel. Eu particularmente achei bom, pois isso me deu tempo de tirar as fotos com mais calma.

Como naquele ano foi o lançamento do filme do Snoopy, as vitrines da Macy’s estavam com esse tema e a entrada da loja também.

IMG_7173

A SANTALAND fica localizada no oitavo andar da loja da Macy’s da Herald Square (lá na 34th street). O acesso pode ser de elevador ou escada rolante (fica a dica para o próximo ano).

Alguém começou o passeio um tanto quanto bravo 🙂 O humor dele só foi melhorando à medida que chegávamos mais perto do papai Noel.

IMG_7098 IMG_7100

Entrada da Santaland

Logo na entrada, havia um aviso sobre a proibição de comida/bebida dentro do local. Também recomendavam que as pessoas tirassem suas jaquetas, pois o local é bastante quente (por causa das várias luzes dos cenários)

IMG_7103

 

IMG_7107

IMG_7110 IMG_7114

Por todo o caminho encontrávamos funcionários vestidos de ELFOS e todos sempre muito simpáticos

IMG_7117

Alguns enfeites foram os mesmos do ano de 2014 🙂

IMG_7144 IMG_7135 IMG_7134 IMG_7132 IMG_7130 IMG_7128 IMG_7126

IMG_7119 IMG_7118

Para chegar ao papai Noel, era preciso pegar o TREM 🙂 (nada de sentar, apenas a decoração era de trem 🙂 )

IMG_7115

Como havia o patrocínio de uma fábrica de açúcar, alguns enfeites eram relacionados a ela 😉

IMG_7123 IMG_7122 IMG_7121 IMG_7120

O trenó do papai Noel já estava cheio de brinquedos para as crianças 🙂

IMG_7145 IMG_7147 IMG_7146

Finalmente, por fim, o Lukinha viu o papai Noel. Ao contrário de 2014 (que ele tremia e segurava a nossa mão), em 2015 ele foi até o papai Noel, sentou no colo dele e ficaram conversando bastante (pelo menos, uns 2 minutos). Ficamos muito contentes com a educação do papai Noel e com os conselhos que ele deu para o Lukinha (principalmente o que ele falou sobre respeitar pai e mãe).

Ao contrário de 2014, em 2015 decidimos não comprar a foto, pois conseguimos tirar 3 fotos e ficamos satisfeitos com elas ❤

IMG_7149

Revendo estas fotos do ano passado eu vejo o quanto o Lukinha cresceu 🙂

Este ano, ele já veio com uma história de que é muito tímido e não sei qual será a reação dele em relação ao papai Noel. Mas até o Natal, assim que fizermos a visita, eu volto para falar da experiência dele deste ano ❤

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala  (@viajantesemmala)

A Segurança na Imigração dos EUA

tsaprecheck

Olá Pessoal!

A idéia deste post partiu depois de assistir a alguns programas no Netflix sobre BORDER SECURITY. Aliás, vou estar falando aqui das coisas em comum que eu notei ao assistir aos programas relacionados a imigração na Austrália, Canadá e, mais recentemente, nos EUA. Eu falo imigração, mas na verdade, quero falar sobre a fronteira e a entrada não apenas de pessoas (via terrestre e aérea), mas também de produtos.

Gente, se vocês vissem como é o trabalho dos agentes em relação aos produtos que chegam aqui, vocês iam ficar impressionados. Claro que estamos falando de televisão e eles devem aumentar um pouquinho, mas a quantidade de drogas que eles barram diariamente é algo impressionante. E vem escondido em tudo quanto é coisa (inclusive em brinquedos).

A parte que mais me interessou foi a parte aérea, que é quando as pessoas passam pela imigração nos aeroportos, tentando entrar legalmente no país.

Não vou aqui ficar dando muitos detalhes, porque perde um pouco a graça do programa (que eu recomendo muito as pessoas assistirem). Porém, o que fica muito claro em todos os programas é a questão de que estes agentes têm a função de resguardar/proteger a segurança de seu país. E isso é algo que eu acho que muita gente não pensa na hora em que está lá na fila ou mesmo na salinha. Você será mandado para a salinha se o agente SUSPEITAR (mesmo que não seja verdade e isso será provado lá) de que a pessoa não está vindo para o país para fazer aquilo que ela disse que faria.

Por exemplo, os programas mostram as pessoas vindo com a intenção de trabalhar e dizendo que estavam aqui para passear. Alguns pontos aqui que eu acho importante frisar:

  • Se você está vindo para este país, é preciso mostrar que tem fundos para se manter. E estes fundos podem ser só de dinheiro ou dinheiro + cartão. Se estiver com pouco dinheiro em espécie, traga algo que possa comprovar que você tem fundos para bancar sua viagem (um extrato ou carta do banco ajuda bastante e fará com que você consiga ser liberado(a) com mais rapidez).
  • SÓ MOSTRE O QUE FOR PEDIDO. Não adianta querer ficar empurrando papéis e documentos sem ter sido pedido isso. Pode até ser interpretado mal 😉
  • PASSAGEM DE VOLTA sempre de fácil acesso. Se tiver só no e-mail, imprima e traga.
  • Qualquer documento que mostre sua ligação com o seu país vale a pena trazer: original ou cópia da carteira de estudante ou mesmo de funcionário (tipo um crachá ja serve 😉 ). Só mostre isso se pedirem!
  • Esteja com o visto adequado para o propósito da sua viagem. Muuuuitos passageiros foram enviados de volta para casa por causa disso.
  • Se for trazer comida, DECLARE! Eu mesma nunca me preocupei em declarar, MAS depois de assistir aos programas, SEMPRE que entrar vou declarar. A multa é de U$300.00 para o caso de você não declarar e ser selecionado para abrirem a sua mala. Vários produtos são proibidos e, por mais que você ache besteira (“mas é só uma banana”), os agentes SABEM porque estão proibindo. Aliás, os agentes que ficam nesse setor são pessoas formadas para esta função de detectar o que pode e o que não pode. Várias sementes são proibidas e produtos caseiros também. Existe uma lista online que mostra o que é o que não é proibido nos EUA.
  • Atenção para este ponto: quando os agentes estão na dúvida se a pessoa está ou não falando a verdade, eles mandam para a salinha e lá, eles pedem para olhar TUDO, incluindo o celular da pessoa e o FACEBOOK. E olha, MUITA GENTE foi barrada porque os agentes encontraram mensagens comprometedoras, do tipo: “boa sorte nesta nova etapa”, “venha nos visitar”, “você começa o trabalho na segunda”, etc. Ah, os grupos no qual a pessoa faz parte também dão bandeira e trazer currículos e documentos importantes na mala?! Quem faz isso nas férias? Já corre uma notícia que, quando você vai pedir o seu visto, os agentes também olham o Facebook do solicitante. Eu sinceramente não duvido 😦

Se você tiver a chance de assistir a esta série: ‘Border Security: America’s Front Line’, tenho certeza que vai gostar e vai até rir de algumas situações inusitadas (dá até pena deles…rs). Por enquanto, só está disponível a primeira temporada!

 

 

 

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala  (@viajantesemmala)