Um lugar em NY onde a sua Bebida Nunca Esquenta

Minus5-Ice-Bar-New-York

Fonte da foto: http://www.inhabitat.com

 

Olá Pessoal!

Já imaginou você ir a um bar onde tudo é feito de gelo? E eu estou falando desde a mobília, paredes, decoração. TUDO! Até o copo é de gelo 🙂

Pois é! É essa a experiência que o MINUS5 oferece a seus visitantes. Para mim, seria mais ou menos a mesma experiência de visitar um IGLU 🙂

Como eu ainda não fui visitar o local, não tenho muito o que falar, a não ser passar para vocês as informações baseadas no website. Para quem viaja com família, a boa notícia: é permitida a entrada de criança até as 6 da tarde (mas eles devem estar acompanhados de um adulto).

Os tickets podem ser comprados online (para garantir a sua vaga) ou na hora e é preciso ter 21 anos ou mais para comprá-los. O ticket para as crianças é comprado na hora. O primeiro horário disponível é às 11:00a.m e o último às 2:00a.m. Caso você não possa estar presente na data para a qual você comprou, seu ticket ainda será valido por 6 meses a partir da data de compra estampada no ticket. Contudo, nesse caso, você fica à merce da disponibilidade das vagas para o dia.

 

Existem 4 opções de pacote, segundo o site (tradução livre do que está no site):

U$20.00 = inclui experiência de ficar no bar de gelo, uso de parka e/ou luvas.

U$45.00 = inclui experiência de ficar no bar de gelo, 2 cocktails, uso de parka e/ou luvas. Esse é o pacote mais popular.

U$45.00 = Upgrade para uso de um casaco de pele falso 🙂 (sinceramente, não faço a menor idéia de como isso funciona) e luvas

U$75.00 = Essa é considerada a experiência totalmente VIP 🙂 (e segundo eles, a melhor oferta das opções): inclui experiência do bar de gelo, 1 cocktail, upgrade para uso de um casaco de pele falso, luvas, 1 souvenir (chapéu), 1 foto 5×7 (que se você fosse pagar separado pagaria U$100 pela foto).

No site , há uma mensagem que diz que irão reabrir o bar no dia 9 de dezembro (quarta-feira) e, já está na minha listinha de visitas para ainda este ano 😉 Aguardem um post falando sobre a minha experiência lá 😉

Local: dentro do New York Hilton. Localizado na esquina da 6th avenida com a rua 53.

 

Para maiores informações e compra dos ingressos, é só acessar o site deles: http://www.minus5experience.com/

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeee

Advertisements

Natal e Ano Novo em NY e No Precinho :)

Olá Pessoal!!!

Pois é, as festas estão chegando e, como já adiantamos há alguns dias lá na nossa página do facebook (www.facebook.com/viajantesemala) este será o ÚLTIMO ano que alugaremos um quarto no nosso apê para as festas de final de ano. A partir do final de agosto de 2016, não estaremos mais funcionando, pois mudaremos para um lugar mais longe do metrô, o que acreditamos ficar mais inviável para os turistas que visitam NY e precisam de um lugarzinho com um precinho mais camarada para a sua hospedagem.

Como fazemos todos os anos, o nosso preço é o mesmo desde 2014. A única diferença para esse período de festas é que estamos alugando o quarto com a diária para 2 pessoas ou mais. Ou seja, U$90.00 para casal (U$45.00 por pessoa) e U$120.00 para 3 ou 4 pessoas.

Quem nos acompanha lá no Facebook, no Instagram (@viajantesemmala) ou mesmo aqui no blog sabe que somos pessoas sem frescura. Somos muito caseiros e nossas festas de final de ano não poderiam ser diferentes: recebemos apenas uma ou duas pessoas para jantar (quando isso) e ficamos por aqui curtindo o momento com o Lukinha ❤

Quem já se hospedou aqui em casa pode confirmar que deixamos o hóspede super à vontade em relação ao que ele quer fazer e a hora que ele quer voltar. Nunca tivemos problema quanto a isso nesse período do ano.

Sabemos que o dólar ainda 😦 está alto no Brasil e, por isso, temos ajudado nossos hóspedes com as nossas dicas de onde comprar e comer mais barato. Ninguém precisa passar fome nas férias e nem deixar as calças por aqui. O importante é saber ONDE comer 😉 Além disso, quando conseguimos cupons de restaurantes, fornecemos para os nossos hóspedes. Posso afirmar que é possível comer BEM (sem ficar morrendo de fome) com apenas U$15.00 por dia. É sério!

Aqui vai a simulação de quanto sairia para passar as festas de fim de ano aqui, com o quarto em 3 pessoas:

Fizemos esta cotação aleatória com a chegada dia 23 de dezembro e saída dia 2 de janeiro. O total, POR PESSOA, num quarto com 3, daria U$400.00. E ainda, se quisessem se apertar no quarto e ficar em QUATRO pessoas, o valor cairia para U$300.00. Imagina: pagar U$300.00 por 10 dias de hospedagem na época MAIS CARA DO ANO em NY.

Para maiores informações, é só mandar mensagem para viajantesemmala@gmail.com. Caso você mande mensagem e não receba a resposta em menos de 24h, é porque nós não recebemos o seu e-mail 😦

Na minha opinião, esta é a época do ano onde a cidade está mais linda e enfeitada. TODO MUNDO deveria conhecer NY nessa época pelo menos 1x na vida. Aproveitem os valores das passagens que estão com ótimos descontos.

E aqui é o nosso pequeno montando a árvore de natal desse ano:

IMG_6724

Vejo vocês no próximo post! Byeeeee

A Toys R Us da Times Square Vai Fechar

Olá Pessoal!

Olha, vou falar uma coisa para vocês: se eu fosse criança, acho que eu ia estar pirando com o fechamento de tantas lojas legais aqui em NY: primeiro foi a F.A.O (que também é do grupo da Toys R Us), depois foi a Build a Bear (ok, eles reabriram as portas em outro local, mas ainda sim foi um choque saber que a linda loja da quinta avenida ia fechar 😦 ) e agora ISSO!

A MARAVILHOSA loja da Toys R Us que fica na Times Square vai fechar 😦 😦 😦

Há uns meses atrás, eu li uma reportagem falando sobre o fechamento da loja da Times Square. O motivo é o mesmo do fechamento das outras duas lojas de criança: O VALOR DO ALUGUEL. Vocês não imaginam como os aluguéis subiram de preço. E hoje em dia, com a concorrência do mundo virtual (onde não é preciso mais visitar a loja física), tudo ficou mais difícil.

Apesar da loja da Times Square estar sempre cheia, isso não significa que as vendas eram significativas, pois muita gente entra na loja apenas para tirar foto e usar o banheiro 🙂

Enfim, a loja estará fechando as suas portas no dia 30 de dezembro e deverá ser reaberta em Midtown, mas ainda não sabemos onde (eu acho que já sabem e estão escondendo o jogo…rs).

Se você realmente tem a oportunidade de visitar NY agora em dezembro, não deixe de vir, pois esta loja é o sonho de qualquer criança (mesmo aquelas que habitam o corpo de um ser humano adulto 🙂 ).

Dentro dessa loja, há um CARROSSEL lindo. Ainda não consegui levar o Lukinha pois ele tem medo, mas EU VOU nem que tenha que enfrentar filas enormes.

A Times Square perdeu muito quando fecharam a loja da VIRGIN (eu fui várias vezes nela e era maravilhosa). Agora, tenho certeza que perderá bastante “tirando” essa loja de lá.

O que nos resta a pensar é: “pô, se está difícil para essa loja grande e rica pagar o aluguel aqui em NY, imagine para NÓS” 🙂 . Taí o motivo do porque muita gente aqui acaba tendo que sublocar um cantinho no seu apt para a turistada que vem visitar NY.

Tiramos essa foto do Lukinha em nossa última visita à loja. Este Hulk foi feito de LEGOS.

IMG_5015

 

Ainda vamos visitar esta loja antes de seu fechamento e prometo que trarei muitas fotos e vídeos de lá.

Para quem se hospeda aqui com a gente, existe uma loja da Toys R Us aqui no nosso bairro (não tem o mesmo encantamento da outra, mas o inventário deles é bom) 😉

 

Vejo vocês no próximo post! Byyyyeeeeeeee

Leva Essa Mala Para Mim?

download

 

Olá Pessoal!

Tenho lido em alguns grupos do facebook ofertas de gente querendo levar MALA ALHEIA em troca de uma graninha. Idéia bacaninha, não é?! Tem até um site que oferece este tipo de serviço (a pessoa cobra um valor X para levar “qualquer coisa” para o Brasil, desde que caiba na mala 🙂 ).

É interessante como tem gente que não se liga em um detalhe: e se você estiver transportando alguma coisa ilegal sem saber. Você acha, por exemplo, que se colocarem algum tipo de droga na mala ou mesmo na encomenda será possível a identificação assim, a olho nu?

Ouvi uma história de uma família que se ferrou com a polícia federal do Brasil porque vendeu uma “parte do container” para uma pessoa e descobriu que tinha contrabando (e dos grandes) ali.

A pergunta que fica é: “vale o sacrifício”? em troca de uns trocados (digo trocado porque o risco é muuuito grande).

Toda vez que alguém fala para mim: “ah, a pessoa vai mandar entregar no hotel e eu só vou levar” eu já fico toda desconfiada.

Talvez, uma das coisas que pode ajudar a deixar a pessoa um pouco mais tranquila é ELA MESMA COMPRAR NA LOJA e levar. Dá mais trabalho? COM CERTEZA! Evita dor de cabeça lá na frente? COM TODA A CERTEZA DO MUNDO!

Já assisti alguns documentários que mostravam exatamente essa questão de transportar coisas para alheios. Num deles, uma mulher ficou presa por 8 anos porque entrou no país (não lembro agora exatamente qual era) com uma sandália lotada de pó. Diz ela que não sabia, que a sandália tinha sido presente, mas vai saber, não é?

Me chamem de paranóica ou do que quer que seja, mas cresci com famíliares na aviação e já ouvi tanta história bizarra nessa linha que dá até medo de lembrar e contar.

Aqui nos grupos de brasileiros, toda semana alguém se “oferece” para levar uma ou mesmo duas malas em troca de $. Acho esse um risco MUITO GRANDE, principalmente porque você não sabe quem está por trás daquela mala ingênua cheia de doações para crianças carentes no Brasil. Pois é, umas das histórias que eu ouvi de contrabando foi exatamente assim.

Olha, o objetivo do post não é dizer que SÓ TEM GENTE MAL FAZENDO ISSO. De jeito nenhum. Eu mesma consigo mandar coisas da lojinha através de amigos que viajam para cá. Mas, o objetivo principal desse post é chamar a atenção para uma questão séria e fazer com que as pessoas parem e pensem nessa possibilidade: ela existe e pode levar a pessoa para a prisão.

Sabe aquela pergunta que, para alguns parece meio estúpida, que a atendente da companhia aérea faz de vez em quando no qual pergunta se foi você mesmo que preparou a sua mala e se ela veio direto por você? É exatamente por isso!

Como eu sempre falo, 171 é tudo bonzinho; do contrário, não ía conseguir aplicar golpe nenhum porque todos desconfiariam.

Você já passou algum perrengue ou conhece alguém que tenha passado perrengue transportando coisas dos outros? Conta aqui pra gente 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeeeeee

O Clima está Tenso em Nova York

nypd

 

Olá Pessoal!

Venho recebendo perguntas de várias pessoas em relação ao clima de terror que andou se espalhando por aí após os atos cometidos em Paris e vou agora falar um pouquinho sobre o assunto.

Tenho lido em alguns lugares pelo face turistas que vieram para cá e não viram mudança nenhuma na cidade. Ao ler isso, eu até fiquei feliz, pois o que os americanos querem passar é que a vida continua e está tudo sobre controle. Infelizmente, não é assim (pelo menos, não aonde moro 😉 ).

Estes últimos acontecimentos mudaram SIM a vida das pessoas que moram aqui.

O fato é que os moradores de NY já vivem em alerta. Quando vêem carros de polícia e bombeiros correndo, já fica um clima tenso. As pessoas andam de metrô e estão sempre de olho nas coisas e pessoas ao redor. Existe até o slogan: “if you see something, say something“. Ou seja, se você ver uma mala “perdida”/”deixada” em algum lugar, pode ser que ela esteja ali por um propósito. Vejo muito turista deixando a mochila no chão e se afastando dela para tirar fotos. NÃO FAÇA ISSO! Na Times Square, já tive que ajudar um casal que largou a mochila, distraiu-se com as fotos e a polícia veio atrás.

Acredito que NY é uma das cidades mais vigiadas do mundo. Tem tanto policial à paisana que vocês não acreditam. E eles se disfarçam de tudo: até de mendigo 🙂 Sem contar as câmeras de monitoramento 24/7.

Bom, o clima está tenso entre a população: vizinhos perguntando sobre o nosso medo em relação ao que anda acontecendo, gente cancelando viagens para NY, cancelando passeios (incluindo aqui a parada do Thanksgiving). Eu mesma já estava planejando há muito tempo levar o Lukinha na parada de amanhã, mas NÃO! NÃO VOU ARRISCAR. Ele vai assistir pela TV. Infelizmente 😦 😦 😦

A polícia anda alertando para o cuidado em lugares com aglomeração, como Times Square e outros pontos turísticos. CLARO que eles não querem que o terror se espalhe entre a população e, muito menos, entre os turistas. Já imaginou se começam um cancelamento em massa dos hotéis e passeios pela cidade. A cidade será BASTANTE afetada pela redução dos turistas. E a economia, portanto, estaria bastante comprometida.

Isso não significa que não possamos sair de casa. Não é isso. Só temos que ficar um pouquinho mais espertos para a nossa volta e, se possível, evitar lugares que poderiam ser alvo de gente mal intencionada. Se você comparar com a violência do Brasil, isso não é nada. Ainda sim, devemos pensar que a probabilidade de algo grandioso acontecer por aqui é grande, baseando-se nos últimos episódios e vídeos que andam circulando por aí.

Aqui vão algumas dicas MINHAS para visitar a cidade neste período:

  • NUNCA PEGUE O METRÔ COM FOME OU VONTADE DE IR AO BANHEIRO: acho que essa é uma dica para todos os dias do ano 🙂 Gente, não é incomum o metrô ficar parado por vários minutos. Me lembro uma vez, ao estar grávida do Lukinha, que peguei o metrô e precisava ir ao banheiro. Sabe como é grávida, né? Então, eram apenas 2 estações e eu chegaria em menos de 3 minutos. LEVEI 34 minutos! Deu um problema “técnico” na linha e nós simplesmente PARAMOS NO MEIO DOS TÚNEIS. Fui guerreira nesse dia…rs
  • SEMPRE LEVE ÁGUA E COMIDA NA BOLSA: a gente nunca sabe o que pode acontecer no meio do caminho e, muitas vezes, seguir essa dica fará toda a diferença no final.
  • MANTENHA TODOS OS SEUS PERTENCES GUARDADOS NAS MALAS: sabe aquela coisa de sair comprando e largando as sacolas para arrumar a mala no penúltimo/último dia? NÃO FAÇA ISSO. Deixe tudo arrumadinho para o caso de ter de evacuar o local onde você está hospedado.
  • DURMA COM UMA ROUPA DECENTE: já conheci não uma ou duas, mas VÁRIAS PESSOAS que precisaram evacuar o hotel e tiveram que sair com o pijama. Pense nisso na hora de se arrumar para dormir 😉
  • NA HORA DE FAZER O SEU ROTEIRO, PENSE NO PLANO B: imagina você estar com tudo planejadinho e bem amarradinho no seu roteiro e, de repente, chegar ao local e perceber que ele está FECHADO. Pior é quando você não tem o plano B e aí perde HORAS pensando no que vai fazer no lugar. Essa é uma outra dica que deveria ser seguida não só para esse período e nem só para NY. Isso pode acontecer em qualquer lugar do mundo.
  • ANDE COM A SUA IDENTIFICAÇÃO FÁCIL E AS INFORMAÇÕES DE QUEM AVISAR EM CASO DE EMERGÊNCIA: tenha isso fácil para o caso de precisar ou para alguém precisar acessar.
  • NÃO DEIXE DE FAZER O SEU SEGURO VIAGEM: gente, saúde aqui é UMA FORTUNA. Qualquer ida ao PS não vai sair por menos de MIL DÓLARES. Temos hóspedes que, quando chegam, logo entregam seus papéis do seguro-viagem para a gente caso precise ser utilizado e eles não tenham como fazer.
  • ANDE COM UMA CARTEIRINHA/CARTINHA (EM INGLÊS) INFORMANDO SEU TIPO SANGUÍNEO E SE VOCÊ É ALÉRGICO(A) A ALGUM TIPO DE MEDICAÇÃO/COMIDA: dependendo da situação, isso poderá salvar uma vida.

 

Não leiam este post achando que estou tocando o terror por aí. Não foi essa a minha intenção.

E quando eu escrevi CLIMA TENSO, não quero dizer que as pessoas estão trancadas em casa esperando o mundo acabar. Não é isso!!!! Só estamos em ALERTA.

Outro dia, li em algum lugar uma senhora dizendo que as pessoas estavam criando esse alarde todo e que era tudo manipulação da mídia.

A pergunta que fica é: VOCÊ VAI PAGAR PARA VER?!

Eu sei que EU NÃO!!!!

Vou atualizando vocês na nossa página lá no facebook:

http://www.facebook.com/viajantesemmala

Vejo vocês no próximo post! Byyyyyeeeeeeeee

Perguntas e Respostas Sobre o Visto O-1

dhsLogo

Com o sucesso que o nosso post sobre o visto O-1 está fazendo, acabamos recebendo algumas mensagens via e-mail e, para que a informação circule, decidimos respondê-las aqui no blog. Lembrando que NÃO SOMOS ADVOGADOS E NEM TRABALHAMOS PARA NENHUM. Temos o visto O-1 e O-3, já estamos na terceira renovação e nos propusemos a escrever sobre o visto pois se é algo confuso até para o pessoal do Consulado americano, imagine para nós…rs

Apesar de já perguntarem sobre isso, NÓS NÃO DAMOS CONSULTORIA pois acreditamos que seria leviano de nossa parte fazer o trabalho de um paralegal/advogado sem termos a licença e a bagagem para isso.

Todas as informações contidas em nossos posts sobre o O-1 são baseadas em NOSSAS EXPERIÊNCIAS com o visto. Fazemos com o mesmo advogado desde o primeiro visto (2010) e, algumas vezes, ele nos ajuda (informalmente) com as respostas aqui 😉

Vamos para as perguntas:

1) Para entrevista no consulado no Brasil, quem é que arca com despesas de passagens e hospedagem? Já que ele(meu esposo) terá que sair dos EUA para o Brasil para essa entrevista. E você sabe onde podemos encontrar esse informação escrita?

RESPOSTA: Primeiramente, é bom deixar claro que não existe a obrigação de viajar ao Brasil para pegar o visto, a menos que a pessoa queira sair do país. Morei de 2012 até agora sem sair do país e estou legal. O visto pode ser pedido em qualquer consulado americano no mundo. Eu particularmente nunca li em lugar nenhum falando sobre essa questão de quem deve pagar. Tudo nosso foi arcada por nós (por isso não viajamos para fora de NY como gostariamos). Acredito que isso deva ser algo para ser tratado direto com o sponsor. E não esqueçam de incluir isso no contrato, pois aqui as pessoas são processadas facilmente e o juiz vai querer ver onde está o PAPEL com o acordo 😉 Eu li que no caso do profissional que possua o O-1 ser demitido, quem deve arcar com as despesas de retorno dele ao seu país de origem é o sponsor. Isso consta no site da imigração, na sessão do O-1 visa (mas lá não fala se deve pagar para as pessoas que possuem o O-3).

2) Os EUA reconhecem união estável?

3) Consigo matricular as minhas 2 filhas na escola normalmente? (O3 não permite trabalho, estudar pode?)

RESPOSTA: Até crianças ilegais conseguem se matricular. O O-3 não permite trabalhar, mas permite estudar sem problemas (isso vale para as crianças e adultos).

4) Depois dos 21 anos minhas filhas perdem o direito ao O3?

RESPOSTA: O sistema imigratório está sofrendo reformas e, por isso a minha resposta é: não sei até lá 😉 Vale lembrar que, depois do direito do Green Card através do casamento, o visto O-1 é o que mais dá GC. Por isso, quem sabe vocês não dão entrada no pedido do GC antes de suas filhas completarem os 21? 😉

5) Meu marido pode tentar o visto O-1 dele e depois eu tentar outro tipo de visto pra mim e para as nossas filhas?

RESPOSTA: Pelo que a gente já se informou, não é possível fazer solicitação após a expedição do application. Contudo, essa informação já é antiga e eles podem ter mudado. Vale a pena consultar o advogado que estará cuidando do caso de vocês.

6) Que tipo de pessoa se qualifica para ser sponsor?

RESPOSTA: para ser sponsor de um O-1, é preciso ser cidadão americano ou ter o green card. É necessário que seja da área de atuação da pessoa que está solicitando o O-1. Pode ser também feito através de uma escola/empresa.

7) Dá para fazer o pedido de visto O-1 sem a ajuda de um advogado?

RESPOSTA: Sim. Contudo, a probabilidade do visto ser recusado (principalmente se você nunca fez isso e não tem a ajuda de ninguém que tenha feito) é maior. Já estamos no TERCEIRO processo do O-1 e sempre fizemos com o advogado. TENHAM MUITO CUIDADO COM O ADVOGADO ESCOLHIDO PARA FAZER O O-1. Tem muito picareta por aí dizendo que sabe trabalhar com o O-1 e, na verdade, não sabe. Esse é um visto que pede muitos documentos e, não são todos os advogados que estão qualificados para fazer este tipo de visto. Nunca se esqueçam que, muitas vezes, o barato sai caro 😦

Esse é o link da imigração sobre o visto O-1: http://www.uscis.gov/working-united-states/temporary-workers/o-1-visa-individuals-extraordinary-ability-or-achievement

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeeee

O Serviço de Atendimento ao Cliente nos EUA

Oi Pessoas! Aqui é o Uka.

Gostaria de dividir com vocês um pouco da minha experiência com o serviço de atendimento ao cliente nos EUA. Muito diferente do Brasil, o atendimento ao cliente aqui é coisa séria e muito respeitosa.

Tive algumas experiências aqui fazendo queixas (por email) para o site das empresas dos produtos e sempre fui respondido prontamente, dentro de um dia pelo menos. Sempre muito atenciosos e solícitos ao cliente tentando sempre resolver o seu problema, para que no final a sua satisfação seja garantida.

A maioria dos produtos são relacionados à música, já que sou músico. O primeiro foi dois pares de headphones da marca KOSS. Dois deles pararam de funcionar o lado esquerdo. Um dos headphones inclusive, eu nem tinha mais a nota fiscal, mas como eu tinha a nota de um deles e estava insatisfeito com o produto, eles me enviaram se nenhum custo os dois headphones. Nesse caso, tive que só enviar os dois pares com defeito para eles averiguarem o problema.

A segunda experiência foi uma bag de pratos da marca ZILDJIAN que tem a forma de uma mochila. Por email, enviei uma foto do produto que estava rasgando. Falei que não carregava tanto peso assim e que não em muito tempo começou a rasgar. Precisei só enviar o produto de volta para eles com a nota fiscal e poucos dias depois recebi um novo produto sem nenhum custo.

A mais recente experiência foi a que fiquei mais surpreso. Eu tinha um par de vassourinhas da marca Vic Firth que tinha comprado a muitos anos ainda no Brasil. Ela tinha derretido uma borracha por dentro. Enfim, descomprometidamente, tirei uma foto do produto em minhas mãos e enviei um email para o serviço ao consumidor, relatando que o produto tinha apresentado esse problema e se existia alguma garantia. Expliquei que infelizmente não possuia mais a nota fiscal. Minutos depois, recebi um email de volta deles, me dizendo que esse produto já era de vários anos atrás, mas se eu não estava satisfeito com o produto, eles poderiam me enviar um novo sem qualquer ônus.

photo (2)

Esse email foi enviado na sexta-feira, na segunda-feira um amigo avisou que já tinha chegado um pacote para mim, onde recebo minhas encomendas.

Bem, tudo isso é muito diferente do que já passei no Brasil. Se vamos reclamar de algum problema em um produto, eu sempre ouvia: “Senhor, infelizmente não podemos fazer nada”. Bom, pelo menos essa são minhas experiências no Brasil. Sem falar que aqui, você compra qualquer produto e tem sim o direito de devolver sem ter que dar nenhuma satisfação. E isso é independente de você morar ou não aqui.

Na loja Best Buy, quando não consigo usar um coupon qualquer enviado por email pela loja. Eu chego em casa, ligo para o serviço de atendimento ao cliente, falo que não conseguir usar o tal coupon, eles prontamente me enviam $10 ou $5 dólares pela inconveniência.

Essas são algumas das minhas experiências aqui em relação ao atendimento ao cliente, eles sendo sempre gentis, educados e dispostos a sanar o seu problema. Infelizmente, venho de um país que esse setor não tem nenhum respeito ao consumidor, a resposta ao consumidor brasileiro é sempre, em outras palavras, “comprou porque quis”.

Se muitos brasileiros adoram tanto copiar americanos, isso seria um coisa bacana de ser copiada.

Mulheres Viajando Sozinhas Para NY

We_Can_Do_It!

Olá Pessoal!

Tenho recebido mensagens de mulheres que desejam conhecer NY, mas que relatam ter medo de viajar para cá sozinhas. Não sei se é o medo de viajar sozinha ou da própria cidade (ou ainda os dois). Esse medo é algo muito comum entre as mulheres, mas eu já consigo visualizar uma melhoria no assunto.

Exatamente para estas mulheres é o post de hoje 🙂

Uma amiga minha um dia me adicionou a um grupo bem bacana no facebook e nesse grupo, constituído só de mulheres (é ÓBVIO…rs), a mulherada troca dicas e relata experiências de viagens. Até encontro dessas viajantes já rolou. A moderadora é uma fofa e controla tudo para que o grupo não perca o foco.

Sempre que eu leio o depoimento dessas mulheres que tem medo de viajar, eu me pergunto: mas e aí ?! o que dizer para alguém que tem medo de encarar uma viagem assim?! Estes são alguns pontos pelo qual começo o meu argumento:

Valide o medo da pessoa: as pessoas tem direito a sentir medo de alguma coisa. Dizer que é besteira isso não vai ajudar em nada (pode até atrapalhar). Muita gente sente medo e pelos motivos mais variados.

Mostre o que a pessoa ganhará ao viajar sozinha: qualquer viagem oferece uma bagagem de conhecimento e de bem-estar enorme. Enfatize esse ponto; se quiser, inclua exemplos de lugares no qual a pessoa possa ir e o que ela ganhará com isso.

Mostre o depoimento de outras pessoas que passaram pela mesma experiência: no meu post falando sobre o aluguel do quarto, temos depoimentos de mulheres que viajaram sozinhas e que contam que também tinham medo, mas que encararam o “desafio”.

Sugira uma viagem para um lugar no qual a pessoa sinta-se motivada: tenho visto a mulherada conseguir encarar uma viagem sozinha para NY por causa da tentação das compras. É sério isso! Tem gente que fala: “vou poder comprar aquela bolsa que estou desejando e vou encarar o desafio por causa dela”. Não interessa a motivação: o importante é encarar o desafio 😉

Lembre de uma pessoa bem chata e fale: “já imaginou viajar com a fulana?!”: esse é um argumento que você usará só quando todos os outros argumentos não funcionaram…rs. É a sua última chance de encorajar a futura viajante.

Para mim, o único motivo que não me deixa viajar é FALTA DE TEMPO $$$$

Uma ex-hóspede nossa nos disse uma vez: “para mim, a única coisa ruim de viajar sozinha é que a maioria das fotos acabam sendo no estilo SELFIE” 🙂 É ESSE O ESPÍRITO!!!!

Eu sempre penso: “quantas chances de viajar eu terei?”, “e se eu morrer amanhã?”. Eu acho que depois de uma viagem sozinha a pessoa acaba sentindo-se mais confiante e mais forte, afinal…ela encarou uma viagem com a melhor companhia que poderia existir: A SUA! Esse tipo de viagem faz com que a viajante tenha tempo para refletir, pode decidir onde e quando ir, quanto tempo ficar, aonde comer, o que comprar, etc.

Hoje em dia, com a internet bombando por aí, é só você postar uma foto ou um comentário e verá que MUITA GENTE ESTÁ VIAJANDO COM VOCÊ.

O mais difícil é dar o primeiro passo: DECIDIR VIAJAR. Depois, é ir atrás de comprar passagem, guardar dinheiro e, para mim um dos itens que sempre me deixou mais segura para viajar: pesquisar sobre o lugar para o qual você vai. Informação é essencial para dar mais segurança ao viajante (e eu acho que nesse quesito não importa o sexo do viajante).

Aqui em NY, a probabilidade de um turista brasileiro esbarrar no outro é ENORME! Se você entrar naquela loja CENTURY 21 que fica em Downtown, você vai ouvir tanto português que por um momento vai se perguntar se está nos EUA ou no Brasil 🙂

Como eu costumo dizer nos meus posts: se tem dinheiro para viajar: SE JOGA!!!! Vai correndo fazer as malas, compra a passagem e viaje 🙂 A vida é muito curta para perdermos oportunidades valiosas. Não sabemos o dia de amanhã e pode ser que mais tarde, por qualquer que seja o motivo, você não possa mais aproveitar. Qualquer que seja o destino, aproveite!!!! Já vi gente sair em viagem e não voltar mais para casa (porque casou ou porque arranjou um emprego).

A vida é uma caixinha de surpresas e isso é o legal de viver 😉

O CÉU É O LIMITE!!!!!!!

E você, já viajou sozinha? Gostou da experiência? Deixe aqui seu comentário 🙂

Onde Comprar Fantasias de Halloween em Nova York?

Olá Pessoal!

Halloween está chegando e já tem bastante gente se movimentando para comprar o seu costume (fantasia). A fantasia do Lukinha já está comprada. Aliás, ele tem DUAS fantasias para este ano. Ele havia escolhido a de policial (que foi do ano passado e ele não usou), mas semana passada, a escola dele mandou uma circular avisando que ele participaria de uma parada de Halloween e que deveria ir vestido de um personagem dos contos de fada. Gente, vocês não imaginam como é difícil encontrar uma boa fantasia para MENINO nesse tema. Tentei encontrar uma de príncipe, mas a Disney não vende e não encontrei nenhuma bonita e dentro do meu orçamento. Por fim, acabamos comprando a do PETER PAN (até que ele ficou parecido com o personagem, né?).

Nessa época, NY fica tomada pelo clima do Halloween e NÃO É DIFÍCIL encontrar lugares para comprar a sua fantasia. Uma dica: não deixe para comprar no dia. As filas de algumas lojas ficam longas e você acaba pegando os restos 😦

Caso você opte por comprar online, fique ciente que muitas vezes você não tem a opção de trocar e/ou nem devolver. Leia atentamente sobre isso no site antes de finalizar sua compra.

Primeiro Halloween que o Lukinha foi fazer Trick or Treat

1385156_10151957817654570_785144490_n

A primeira fantasia desse ano

12112114_1925030821054694_8650487599953432030_n (1)

A segunda fantasia do ano

IMG_5889

Vou colocar as opções de locais para comprar por ordem de PREFERÊNCIA 🙂 A seleção foi feita optando pelas que vendem as fantasias “mais baratas”:

PARTY CITY

Geralmente compro as minhas fantasias lá. Tem muita opção e cabe em todos os bolsos. Tem uma loja bacana deles lá na 34th, perto da Macy’s. Para quem se hospeda aqui em casa, temos uma loja na vizinhança e é lá que costumo ir.

RICKY’S

Assim como a Party City, essa é uma loja famosa por vender fantasias. Também tem uma aqui perto de casa. Em algumas lojas da marca, é possível comprar fantasias mesmo fora do Halloween. Adoro as máscaras que eles vendem.

TARGET

Já comprei fantasia para o Lukinha lá. As de super heróis costumam ser mais baratas aqui. Se você encontrar um preço melhor no Walmart do que na Target para a mesma fantasia, é só dirigir-se ao Customer Service da Target e pedir para fazer o PRICE MATCH. Tem uma Target no Queens e no Harlem. A segunda fantasia do Lukinha foi comprada lá.

Toys R Us

Essa loja vende fantasias infantis. Adoro a Toys R Us para comprar fantasias para bebês (tem uma mais linda que a outra). Tem uma loja na minha vizinhança e tem a maior loja deles que fica na Times Square (onde tem a roda gigante). A primeira fantasia do Lukinha foi comprada lá.

Disney

É a minha preferida para comprar fantasias infantis de PRINCESAS 🙂 Acho a qualidade de lá melhor do que nos outros locais. A Toys R Us vende fantasias de princesas mais barato do que a Disney, CONTUDO, na minha opinião a qualidade é bem inferior (já li mãe reclamando que a criança teve a fantasia rasgada) 😦 Tem uma loja enorme na Times Square.

FARMÁCIAS:

Pode parecer estranho, mas as farmácias (CVS, Rite Aid e Duane Reade) também possuem um inventário reduzido de fantasias. É uma opção na hora do aperto 😉

À medida que eu for lembrando de outros lugares, eu venho e atualizo o post 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

Dica de Compra: IKEA em Nova York

Red-Hook-Ikea-Solar-Power-1-537x358

(Fonte: google.com)

 

Olá Pessoal!

Hoje cedo assisti a este vídeo de um pai que tinha a missão de construir a cama mais legal do mundo para o filho e, CLARO, ele escolheu o material da IKEA para construir.

Para que eu não esqueça, segue o link do vídeo (eu adorei a cama do menino. Se ele não gostou, vou pedir para mandar para mim que estou super aceitando…rs):

http://www.todaysparent.com/blogs/tp-loves/his-son-didnt-want-a-big-boy-bed-so-this-dad-built-him-the-coolest-bed-ever/

A partir daí, tive a idéia de escrever um post sobre uma loja que eu adoro e do qual eu vejo pouca divulgação entre os turistas brasileiros: a IKEA. Para quem é fanático pela série FRIENDS, no episódio onde a Rachel vai fazer massagem e encontra a Phoebe como massagista, o nome IKEA é por causa da loja ❤ Para relembrar o episódio, segue o link:

Eu sugiro a ida a esta loja para aquelas pessoas que JÁ CONHECEM NY e/ou para aquelas pessoas que vão casar e querem comprar produtos baratos para a sua casa 😉

Meu apê é constituído de, pelo menos uns 50% de coisas da IKEA. Prometo que venho no fim de semana atualizar o post com as fotos dos produtos que eu tenho aqui em casa!

Vamos lá então para os meus comentários sobre a IKEA. Ela é uma loja de móveis sueca, que tem como objetivo vender móveis fáceis de montar e que caibam em locais pequenos 🙂 Na verdade, não é assim que eles se definem, mas é assim que eu os vejo…rs

A loja de NY fica no Brooklyn (em Red Hook) e o acesso pode ser de carro, barco (essa é a forma que eu mais gosto de utilizar) e metrô (eles disponibilizam um shuttle no metrô para facilitar a vida dos clientes).

A loja é ENORME e tem de um tudo para casa. O que eu mais adoro é ver os stands (não lembro se essa é a palavra certa em português), onde eles dão sugestões para montar quarto, sala, banheiro, cozinha, etc. Eu adoro passar hoooooras nessa loja vasculhando tudo. Eles mudam esses stands DUAS vezes ao ano, mas não vou mentir que posso ir várias vezes no mesmo stand e sempre achar coisas novas (ou melhor, coisas que eu não havia percebido em outras visitas).

Claro que depois de andar por aquela loja gigante dá uma fome na gente e nós SEMPRE fazemos uma refeição por lá. Você pode comer no restaurante deles que fica no primeiro andar ou fazer um lanchinho na lanchonete que fica no térreo. Vale ressaltar que o preço das refeições é ótimo e é possível, dependendo de onde você sentar, ficar apreciando a estátua da liberdade ❤ Caso você tenha gostado de algo em especial, eles possuem uma lojinha no térreo que vende comida sueca. Eu sempre trago para casa os chocolates (a barra custa U$1.00) e alguma bolachinha diferente.

A IKEA fica super lotada de final de semana (pois muita gente vai só para almoçar lá) e, por causa disso, eu sugiro uma visita durante a semana.

As minhas clientes do amiga de aluguel que já foram lá comigo AMARAM! (pelo menos foi o que elas me disseram 🙂 ).

Para saber mais informações sobre a loja, é só ir até http://www.ikea.com. Lá você pode escolher a loja que fica no país no qual você irá visitar. Para NY, escolha BROOKLYN.

E vocês, já conhecem essa loja? Gostam? Não? Deixem aqui o seu comentário.

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeee