Papai Noel na Macy’s – 2015

Olá Pessoal!

O Natal já está chegando e, por isso eu decidi postar a nossa visita ao papai Noel para contar como foi a nossa experiência do ano passado. Fizemos um post em 2014 contando a experiência naquele ano e, relendo o que escrevi, posso dizer que a experiência de 2015 foi bem diferente. Este ano Lukinha não foi ainda ver o bom velhinho, mas estamos nos preparando para fazer isso.

Em 2015, pegamos uma pequena fila para ver o papai Noel. Eu particularmente achei bom, pois isso me deu tempo de tirar as fotos com mais calma.

Como naquele ano foi o lançamento do filme do Snoopy, as vitrines da Macy’s estavam com esse tema e a entrada da loja também.

IMG_7173

A SANTALAND fica localizada no oitavo andar da loja da Macy’s da Herald Square (lá na 34th street). O acesso pode ser de elevador ou escada rolante (fica a dica para o próximo ano).

Alguém começou o passeio um tanto quanto bravo 🙂 O humor dele só foi melhorando à medida que chegávamos mais perto do papai Noel.

IMG_7098 IMG_7100

Entrada da Santaland

Logo na entrada, havia um aviso sobre a proibição de comida/bebida dentro do local. Também recomendavam que as pessoas tirassem suas jaquetas, pois o local é bastante quente (por causa das várias luzes dos cenários)

IMG_7103

 

IMG_7107

IMG_7110 IMG_7114

Por todo o caminho encontrávamos funcionários vestidos de ELFOS e todos sempre muito simpáticos

IMG_7117

Alguns enfeites foram os mesmos do ano de 2014 🙂

IMG_7144 IMG_7135 IMG_7134 IMG_7132 IMG_7130 IMG_7128 IMG_7126

IMG_7119 IMG_7118

Para chegar ao papai Noel, era preciso pegar o TREM 🙂 (nada de sentar, apenas a decoração era de trem 🙂 )

IMG_7115

Como havia o patrocínio de uma fábrica de açúcar, alguns enfeites eram relacionados a ela 😉

IMG_7123 IMG_7122 IMG_7121 IMG_7120

O trenó do papai Noel já estava cheio de brinquedos para as crianças 🙂

IMG_7145 IMG_7147 IMG_7146

Finalmente, por fim, o Lukinha viu o papai Noel. Ao contrário de 2014 (que ele tremia e segurava a nossa mão), em 2015 ele foi até o papai Noel, sentou no colo dele e ficaram conversando bastante (pelo menos, uns 2 minutos). Ficamos muito contentes com a educação do papai Noel e com os conselhos que ele deu para o Lukinha (principalmente o que ele falou sobre respeitar pai e mãe).

Ao contrário de 2014, em 2015 decidimos não comprar a foto, pois conseguimos tirar 3 fotos e ficamos satisfeitos com elas ❤

IMG_7149

Revendo estas fotos do ano passado eu vejo o quanto o Lukinha cresceu 🙂

Este ano, ele já veio com uma história de que é muito tímido e não sei qual será a reação dele em relação ao papai Noel. Mas até o Natal, assim que fizermos a visita, eu volto para falar da experiência dele deste ano ❤

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala  (@viajantesemmala)

Advertisements

A Segurança na Imigração dos EUA

tsaprecheck

Olá Pessoal!

A idéia deste post partiu depois de assistir a alguns programas no Netflix sobre BORDER SECURITY. Aliás, vou estar falando aqui das coisas em comum que eu notei ao assistir aos programas relacionados a imigração na Austrália, Canadá e, mais recentemente, nos EUA. Eu falo imigração, mas na verdade, quero falar sobre a fronteira e a entrada não apenas de pessoas (via terrestre e aérea), mas também de produtos.

Gente, se vocês vissem como é o trabalho dos agentes em relação aos produtos que chegam aqui, vocês iam ficar impressionados. Claro que estamos falando de televisão e eles devem aumentar um pouquinho, mas a quantidade de drogas que eles barram diariamente é algo impressionante. E vem escondido em tudo quanto é coisa (inclusive em brinquedos).

A parte que mais me interessou foi a parte aérea, que é quando as pessoas passam pela imigração nos aeroportos, tentando entrar legalmente no país.

Não vou aqui ficar dando muitos detalhes, porque perde um pouco a graça do programa (que eu recomendo muito as pessoas assistirem). Porém, o que fica muito claro em todos os programas é a questão de que estes agentes têm a função de resguardar/proteger a segurança de seu país. E isso é algo que eu acho que muita gente não pensa na hora em que está lá na fila ou mesmo na salinha. Você será mandado para a salinha se o agente SUSPEITAR (mesmo que não seja verdade e isso será provado lá) de que a pessoa não está vindo para o país para fazer aquilo que ela disse que faria.

Por exemplo, os programas mostram as pessoas vindo com a intenção de trabalhar e dizendo que estavam aqui para passear. Alguns pontos aqui que eu acho importante frisar:

  • Se você está vindo para este país, é preciso mostrar que tem fundos para se manter. E estes fundos podem ser só de dinheiro ou dinheiro + cartão. Se estiver com pouco dinheiro em espécie, traga algo que possa comprovar que você tem fundos para bancar sua viagem (um extrato ou carta do banco ajuda bastante e fará com que você consiga ser liberado(a) com mais rapidez).
  • SÓ MOSTRE O QUE FOR PEDIDO. Não adianta querer ficar empurrando papéis e documentos sem ter sido pedido isso. Pode até ser interpretado mal 😉
  • PASSAGEM DE VOLTA sempre de fácil acesso. Se tiver só no e-mail, imprima e traga.
  • Qualquer documento que mostre sua ligação com o seu país vale a pena trazer: original ou cópia da carteira de estudante ou mesmo de funcionário (tipo um crachá ja serve 😉 ). Só mostre isso se pedirem!
  • Esteja com o visto adequado para o propósito da sua viagem. Muuuuitos passageiros foram enviados de volta para casa por causa disso.
  • Se for trazer comida, DECLARE! Eu mesma nunca me preocupei em declarar, MAS depois de assistir aos programas, SEMPRE que entrar vou declarar. A multa é de U$300.00 para o caso de você não declarar e ser selecionado para abrirem a sua mala. Vários produtos são proibidos e, por mais que você ache besteira (“mas é só uma banana”), os agentes SABEM porque estão proibindo. Aliás, os agentes que ficam nesse setor são pessoas formadas para esta função de detectar o que pode e o que não pode. Várias sementes são proibidas e produtos caseiros também. Existe uma lista online que mostra o que é o que não é proibido nos EUA.
  • Atenção para este ponto: quando os agentes estão na dúvida se a pessoa está ou não falando a verdade, eles mandam para a salinha e lá, eles pedem para olhar TUDO, incluindo o celular da pessoa e o FACEBOOK. E olha, MUITA GENTE foi barrada porque os agentes encontraram mensagens comprometedoras, do tipo: “boa sorte nesta nova etapa”, “venha nos visitar”, “você começa o trabalho na segunda”, etc. Ah, os grupos no qual a pessoa faz parte também dão bandeira e trazer currículos e documentos importantes na mala?! Quem faz isso nas férias? Já corre uma notícia que, quando você vai pedir o seu visto, os agentes também olham o Facebook do solicitante. Eu sinceramente não duvido 😦

Se você tiver a chance de assistir a esta série: ‘Border Security: America’s Front Line’, tenho certeza que vai gostar e vai até rir de algumas situações inusitadas (dá até pena deles…rs). Por enquanto, só está disponível a primeira temporada!

 

 

 

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeee

 

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala  (@viajantesemmala)

 

Da série: “Coisas de NY”

metropolitan-opera-lincoln-center-new-york-billboard-650

 

Olá Pessoal!

De vez em quando, temos acesso a algumas histórias “inusitadas” por aqui e isso me faz sempre enxergar a cidade como uma “pequena vila”. E foi pensando nisso, que decidi escrever esta série 😉 Já separei algumas histórias e vou tentar trazê-las para vocês.

Esta aconteceu este mês e foi publicada em um jornal local:

Imagine que você adora Ópera e decidi assistir a uma apresentação. Aqui em NY, a Metropolitan Opera House é O LUGAR! Fica lá no Lincoln Center e, deveria estar incluída em seu roteiro se você gosta do gênero (http://www.metopera.org/).

Pois bem, NY é uma cidade onde as pessoas estão sempre em alerta de um possível ataque e, por isso, temos olhos até nas costas…rs

Em um dado sábado de novembro, em um a apresentação diurna de “Guillaume Tell”, um homem da platéia (e que não é de NY), durante o segundo intervalo, foi até o foço da orquestra, na frente de todos, e simplesmente saiu espalhando um pó não-identificado. Claaaaaaaro que, por causa disso, o teatro teve que ser evacuado e a polícia foi acionada (com uma unidade especial) para investigar o que era o tal pó.

Descobriu-se que eram cinzas humanas e que, segundo a investigação apurou, era do amigo do homem do pó 🙂 . O homem não foi identificado (porque VAZOU do local…rs) e, portanto, não foi preso.

Segundo o jornal, ninguém saiu ferido e nem intoxicado do local 🙂

Por medida de segurança, uma outra peça que estava programada para a mesma noite, teve de ser cancelada, devido ao andamento das investigações no local.

Eu não vou mentir que, se eu estivesse lá, também ía achar que era algo relacionado a terror químico ou algo do gênero.

No final das contas, ficou realmente provado que eram apenas cinzas humanas e a casa voltou a apresentar suas peças normalmente no dia seguinte ❤

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala   @viajantesemmala

 

O Lado B da Imigração Ilegal: o Trabalho em Construção

worker-tripped

 

Olá Pessoal!

Sei que este é um assunto polêmico, mas quem me conhece, sabe que não tenho medo de escrever sobre isso 🙂

Tenho recebido no consultório muitos pacientes que são encaminhados por advogados e que estão apresentando problemas de depressão e ansiedade. E TODOS tem algo em comum: passaram a apresentar os sintomas depois que sofreram um acidente no local de trabalho – a construção civil. E entenda aqui não só aqueles trabalhadores de obras grandes, mas aqueles que ficam na parte de pintura e afins, que parece ser um trabalho “mais fácil”. Não é!!!!

Por que eu decidi falar sobre isso hoje? Porque eu sei que muitas pessoas que pretendem imigrar para os EUA, tem como meta trabalhar na construção civil daqui. Isso porque é mais fácil de empregar-se e o pagamento é bom. E, claro, a pessoa que está em desespero, pega esse trabalho e, muitas vezes, sem experiência prévia. Com uma pesquisada rápida no google, vi um site de advocacia que oferece serviços para defender estes tipos de casos e que declarou que mais de 200 mil acidentes nesse ambiente acontecem a CADA ANO.

Como qualquer coisa na vida, pode ser dar certo ou não. Mas, eu quero contar para vocês o lado B dessa história: que acontece se você tiver um acidente de trabalho (isso baseado no que eu tenho vivido no consultório).

PRIMEIRO: como se ganha por hora, a pessoa se machuca e não quer parar de trabalhar. Por isso, muitas vezes, se ENTOPE de remédios para poder aguentar o tranco. Como consequência, pode estar piorando o seu quadro.

SEGUNDO: se a pessoa precisa de uma operação e não tem um bom seguro saúde que cubra (o que é praticamente 100% dos casos), terá que ESPERAR até o seguro da empresa aprovar a cirurgia. Gente, eu vi casos onde a pessoa precisou esperar mais de UM ANO para operar (vi gente que esperou APENAS 6 meses, mas é raro – o tempo médio é de, no mínimo, 12 meses).

TERCEIRO, o salário cai drasticamente (já que não é salário – é apenas uma “ajuda” que o seguro dá) e a probabilidade do outro cônjuge ter de sustentar a casa é bem grande. Isso causa um grande estresse em casa. E quando não é casado? Aí é que lasca mesmo 😦

QUARTO: a pessoa passa a viver com DOR e sem esperanças do futuro, já que os médicos NÃO DÃO garantia de que a pessoa voltará a ficar boa. E o pior é que, em alguns casos, nem o remédio para dor faz o efeito desejado.

Há outros pontos, mas esses citados acima acredito que são os mais importantes. E olha, algumas dessas pessoas que eu trato, JÁ TINHAM EXPERIÊNCIA DE TRABALHO SEMELHANTE NO BRASIL.

Aqui não é como no Brasil que há o SUS e, mesmo não sendo lá essas coisas, você pode ser atendido GRATUITAMENTE. Nos EUA, serviço de saúde é todo PAGO!

Gente, o tranco é grande! Mas…isso ninguém fala! E olha, não é pouco. Estou tratando atualmente de QUINZE CASOS deste tipo. Agora veja que esses casos são de pessoas que decidiram buscar ajuda psicológica. E os outros que não ou que morreram? Sim, me falaram que morre muita gente mas que, CLARO, não ficam noticiando.

Não quero ser fatalista, mas acho que as pessoas que desejam ingressar nessa profissão, precisam saber destes riscos, que não são pequenos 😦

Se você quiser deixar o seu comentário para ampliar a discussão sobre o tema, fique à vontade para postar. Críticas construtivas são sempre bem-vindas! 🙂

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala       (@viajantesemmala)

As Repercussões do Pós-Eleição nos EUA

usa-election-trump-protest_2

 

Olá Pessoal!

Primeiramente, tenho que dizer que fiquei P-A-S-S-A-D-A com o resultado da eleição. Eu e muuuuuita gente por aqui.

Assistindo a apuração dos votos, era visível ver a perplexidade dos jornalistas quanto ao resultado que se aproximava (eu fui dormir antes de terminarem a contagem). Acordei e fui olhar o Facebook: só aí é que me dei conta de que o Trump havia vencido.

Devo confessar que ainda estou um pouco chocada com o resultado e temerosa pelo futuro. Em teoria, a probabilidade de acontecer algo conosco em relação a imigração é bem pequena, devido ao nosso status legal no país. Mas entre aqueles que estão ilegais, o pânico anda geral. A dúvida maior é se eles ficam e esperam a suposta bomba explodir ou se caem fora antes para evitar um possível estresse e piores desfechos.

Infelizmente, não é possível prever o que vai acontecer. Como eu já falei anteriormente, vamos torcer para que as coisas não cheguem até um nível extremo, já que tem gente falando que a Terceira Guerra Mundial está batendo na porta.

Aqui em NY, tem havido protesto TODOS OS DIAS! Estou sabendo que em outros estados também. E a questão não tem a ver apenas com o tema imigração: TRUMP também é acusado de ser homofóbico e racista.

Hoje, um amigo me mandou uma mensagem pedindo para que eu tomasse cuidado, já que parece que mulheres imigrantes estão sendo atacadas nas ruas. NUNCA imaginei que isto aconteceria aqui em NY.

Em NY, a Hillary ganhou com mais de 67% dos votos e, na verdade, se a eleição fosse decidida pela contagem de votos (como no Brasil) ela sairia vencedora. O problema é que aqui se ganha por número de estados (1 ponto para o candidato que vencer naquele estado). Por fim, é contado quem ganhou em mais estados (independente do número de votos).

O novo presidente só assumirá em fevereiro de 2017, portanto, acredito que esse clima (mesmo que mais brando) continuará até lá. Não consigo vê-lo desistindo do cargo e nem sendo TIRADO antes de assumir.

Em relação a NY, Trump e o prefeito DeBlasio já trocaram farpas e são desafetos. Espero sinceramente que isto não venha a trazer malefícios para os moradores da cidade.

Vou tentar trazer, pelo menos 1x por semana, um resumo de como andam as coisas por aqui.

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala        @viajantesemmala

Onde Comprar Brinquedos em Nova York?

img_0688

(Foto da entrada da loja no Queens)

 

Olá Pessoal!

Pois é, depois do fechamento das lojas da FAO e da Toys R Us em Manhattan (veja que estamos falando de MANHATTAN 😉 ), algumas pessoas ficaram perdidas em relação a ONDE COMPRAR BRINQUEDOS.

Vem comigo neste pop que eu vou te contar tudinho 🙂

Estas dicas que eu vou dar já foram TODAS testadas com o meu filho que, agora, está com 5 anos 🙂

Vou começar pela minha ordem de preferência:

 

TOYS R US do Queens:

Gente, essa loja é enorme e fica perto de um metrô (ou seja, nada de dizer que o Queens fica em outro PLANETA e que o acesso é difícil – se você pensa assim, posso assegurar que estará deixando para trás uma excelente loja) 🙂

O endereço da loja é: 3540 48th St Long Island City, NY 11101 Astoria, Sunnyside. É só pegar o metrô M ou R no sentido Queens (se você estiver em Manhattan) e descer na 46 street. Para quem está hospedado conosco, dá para ir a pé 🙂 (ou pegar o metrô na Steinway – sentido Forest Hills – e descer na próxima parada). Lembrando que a FAO faz parte do grupo da TOYS R US, então COM CERTEZA você encontrará brinquedos da marca deles lá.

TARGET (Queens)

Eu sei que tem TARGET em Manhattan, mas a minha preferida é a do Queens 🙂 Lá é possível encontrar os mesmos brinquedos que você encontra na Toys R Us (claro que como a loja não é especializada em brinquedos, a oferta é um pouco mais reduzida).

O endereço é: 8801 Queens Blvd Elmhurst, NY 11373. É só pegar o metrô R ou M, descer na Grand Ave/Newton e caminhar um bloco. Essa loja fica dentro de um shopping enorme com fácil localização.

 

Burlington Coat Factory

Poucos brinquedos MAS às vezes encontramos coisas legais. A sessão infantil costuma ser uma BAGUNÇA, então, caso você tenha problemas com isto, sugiro que EVITE compras lá.

A minha loja preferida é a da 4 Union Sq S  New York, NY 10003 Gramercy, Flatiron (naquele prédio onde tem a DSW e que fica em frente a praça da Union Square).

 

TJMaxx, Marshalls e afins

Esse tipo de loja, assim como a Burlington, oferecem alguns “achados”, mas essas sessões costumam ser uma bagunça e o estoque pequeno.

O endereço da minha TJMaxx favorita é esse: 620 Ave of The Americas
New York, NY 10011 (no mesmo prédio, você encontra a Marshalls – elas são do mesmo grupo). Para quem se hospeda conosco, há uma Marshalls bem pertinho da Toys R Us que eu falei acima 🙂

 

CVS, Rite Aid e Duane Reade

Isso mesmo que você leu: compramos alguns brinquedos em FARMÁCIAS em Nova York. A minha preferida é a CVS. Ontem mesmo, Lukinha ganhou um relógio de lá. O legal dessa loja em específico é que, algumas vezes, alguns brinquedos são exclusivos da CVS (assim como a TARGET também faz). Vale a pena a visita ❤ Para quem se hospeda conosco, estas três redes de farmácia ficam na Steinway Street (no caminho do metrô R/M)

Barnes & Noble

É uma rede de livrarias e que, infelizmente, estão reduzindo as suas lojas. Íamos em uma loja lá pela 54 (com a parte enorme para crianças), mas olhei agora que ela fechou 😦

Por isso, indico para vocês a loja da UNION SQUARE: 33 East 17th Street
New York, NY 10003

BABIES R US

Dependendo do tipo de brinquedo, essa loja  (que é do mesmo grupo da Toys R Us) continua com a sua loja aberta lá pela Union Square (14 street), em Manhattan. Lá os brinquedos são mais limitados: disponíveis principalmente para bebês e crianças menores, mas se esse for o caso, vale a pena a visita.

Caso você não queira perder tempo e/ou quer ter a certeza de que o seu item estará lá naquela determinada loja, a Toys R Us/Babies R Us e a Target oferecem o serviço de STORE PICK UP 🙂


LEGO STORE

Não vou mentir que prefiro comprar os brinquedos da LEGO em todos os lugares MENOS na LEGO, porque lá costuma ser mais caro, mas de vezes em quando, até que você encontra uma ou outra coisa legal. De qualquer forma, vale a visita a loja para tirar fotos 🙂

Só para reforçar, é CLARO que há outros lugares onde é possível comprar brinquedos, mas eu listei acima os meus PREFERIDOS 😉

A minha loja preferida é a que fica no: 200 5TH AVENUE
NEW YORK NY 10010 (lá pertinho do Flatiron Building)

Macy’s (incluindo Macy’s Backstage)

Sim, na Macy’s eles também vendem brinquedos. Geralmente compramos naquela que fica na 34Th (Herald Square) MAS na Macy’s Backstage também há um estoque razoável.

Todos os locais citados acima foram testados e aprovados.

O mais importante é fazer uma pesquisa online antes de sair para comprar, para se ter uma idéia dos preços 😉 Raramente eu entro em uma loja e compro brinquedos assim, no impulso. O que acontece bastante é que, como eu levo os clientes para comprar como amiga de aluguel, geralmente eu já tenho em mente se aquele preço está caro ou não 😉

Caso apareça algum outro lugar bacana, eu volto aqui e atualizo o post 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala (@viajantesemmala)

E Hoje é Dia de Eleição!

Olá Pessoal!

No post de hoje, eu vou contar para vocês um pouquinho sobre as eleições aqui dos EUA. Por favor, tenha em mente ao ler este post que eu NUNCA votei aqui e não entendo muito de política 🙂

Dia de eleição não é feriado como no Brasil, as ruas não ficam SUJAS com propaganda (aliás, não vi PAPEL ALGUM no chão que levasse alguém a perceber que hoje é dia de votar). Mas a parte mais bacana (na minha opinião) é que o voto é FACULTATIVO, ou seja, VOTA QUEM QUER. E gente, é muito bacana ver as pessoas indo espontaneamente exercer a sua cidadania e super orgulhosas por isso. Muita gente aproveitou para votar na hora do almoço ou no break do trabalho.

Esta eleição concentrou-se principalmente em dois candidatos: Hillary (do partido democrata) e o Donald Trump, que é do partido republicano). Se eu não me engano, ainda há mais 4 candidatos, mas eu não lembro nem do nome deles 😦 😦 😦 😦 Se eu não me engano, há outra mulher concorrendo para presidente e há também uma concorrendo como vice.

us-elections-2016-638871

No dia em que eu vi o Trump, pela televisão, dando a notícia de sua candidatura, eu JURAVA que era pegadinha. E o pior: dentro de mim, eu tinha CERTEZA que seria um fiasco. Infelizmente (felizmente para alguns) ele foi ganhando força principalmente pelo posicionamento dele em relação a assuntos polêmicos como a imigração. Eu acho que ele expressa aquilo que muito americano pensa mas que tem medo (?) de falar. E gente, eu fiquei impressionada com o número de imigrantes brasileiros (aqueles que nasceram no Brasil e vieram para cá) que apoiam e/ou votaram nele. Lembrando que só é possível votar se for cidadão (se tiver o green card não pode).

E pelo que eu entendo (me corrija se eu estiver errada), aqui se ganha não pelo número total de votos, mas pela soma de ganho de cada estado. Ou seja, há uma especulação de que o Trump perderá em NY, mas ele tem boas chances de ganhar em outros estados e isso faz com que ele tenha uma boa chance de vitória.

Há quem diga que os imigrantes estão PERDIDOS se ele ganhar. Eu torço para que não, MASSSS acho que a gente de ferrar os imigrantes, principalmente os indocumentados, é ENORME! 😦 😦 😦 😦

Aqui a votação não é com urna eletrônica: portanto, o resultado não sairá tão rápido quanto no Brasil.

Eu assisti o primeiro debate entre os dois e, sinceramente, acho que os EUA não merecia nenhum dos dois. Já há muita gente por aqui expressando a saudade que o Obama irá deixar (e eu me incluo entre elas). Infelizmente, ele já ficou no poder o máximo que a constituição americana permite.

Outro ponto que eu não posso deixar de tocar é de que ouve um debate também entre os VICES da Hillary e do Trump. Isso é bacana, porque COM CERTEZA, ao votar, é preciso não só olhar o candidato a presidência, mas também quem é o seu vice, né?!?!?!

O jeito agora é rezar e esperar pelo melhor desfecho. E seja o que Deus quiser ❤

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala

 

Hoje é Dia de Celebrar!

img_0782

 

Olá Pessoal!

E hoje é dia de celebrar! Há 9 anos atrás eu decidi ir atrás do meu sonho (todo planejado, é claro).

Não vou ficar aqui hoje falando sobre como é a vida aqui, porque isso vocês já sabem, pois eu conto sempre lá no Facebook e aqui no blog.

Eu vou aproveitar a data para falar sobre uma coisa que comentaram comigo esta semana e que acontece comigo: a sensação de pertencer a este lugar.

Gente, não é frescura nem nada, mas eu não me sinto mais pertencendo ao Brasil. Eu vou ao Brasil e no terceiro dia eu já estou desesperada para voltar. Eu sinto (inclusive fisicamente falando) que aqui é o meu lugar.

Para alguns pode parecer besteira, mas eu já conheci algumas pessoas que sentem exatamente a mesma coisa que eu sinto.

Eu me sinto uma TURISTA no Brasil. Eu tenho a sensação de que eu sempre vivi aqui. E é muito difícil explicar isso para as pessoas, principalmente para a sua família 🙂

Um dia, meus pais disseram que eu não voltava para o Brasil porque “as pessoas íam dizer que eu era uma perdedora porque não tinha dado certo aqui e, por isso, estava voltando”. FELIZMENTE, isto não tem nada a ver.

Não volto para o Brasil por vontade própria e, por ter essa sensação que eu já descrevi acima. Vim para NY pela primeira vez em 2004 e, foi só em 2007 que eu me mudei de vez para cá. Nesse meio tempo, eu cheguei a viajar para NY algumas vezes e, comecei a me organizar financeiramente e emocionalmente para esta mudança.

Não acho que devemos ter VERGONHA de voltar atrás em nossas decisões. Afinal, a maioria delas não depende exclusivamente da gente e, portanto, o risco de não dar certo é sempre grande.

Relendo agora o post, eu estou vendo que, por mais que eu tente explicar, ainda não consigo colocar em palavras esta sensação de pertencimento a este lugar.

Tenho certeza que alguns de vocês se identificarão comigo 🙂

Bom, só para não fugir da idéia deste tipo de post, aqui vai os 30 segundos de comentários sobre a vida aqui: viver aqui é duro e suave ao mesmo tempo. Você tem que ralar muito (mais do que fazia no Brasil). É um lugar onde eu me sinto segura e onde há realmente LEIS para punirem. A sensação de justiça aqui é algo que me fascina 🙂 Eu sinto que os meus direitos são respeitados, incluindo aquele de receber 1 centavo de volta…rs Apesar de correria de cidade grande, moro em um bairro tranquilo e gosto muito da comodidade que ele me proporciona. Essa cidade é F… e não é para os fracos! 🙂

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeeeeeeee

Cirque Du Soleil na Broadway?

download

Olá Pessoal!

Sim ❤ Isso mesmo que você leu! Se já não bastasse toda a beleza que o Cirque Du Soleil vem trazendo para as nossas vidas todos esses anos (pelo menos para a minha SIM…rs), agora a trupe está passando uma temporada na Broadway.

Vi o anúncio esta semana na televisão e quase enfartei: eu amo a Broadway e amo o Cirque Du Soleil ❤

Então vamos para a dica:

O espetáculo começou em abril deste ano (mas acho que estava rodando outras cidades antes de vir para NY – se veio antes, passou COMPLETAMENTE DESPERCEBIDO POR MIM 😦 )

A peça tem o título de Paramour e traz aquela estória beeeeemmmmm batida (mas que a gente não se cansa de assistir) de uma jovem e bonita atriz que é forçada a escolher entre a arte (e o glamour) ou o amor, isso tudo se passando na era de ouro de Hollywood.

Adorei esse trailer que vai mostrando os bastidores do espetáculo:

O espetáculo tem duração de 2 horas e 10 minutos, incluindo um intervalo e é recomendado para crianças de 8 anos para cima (crianças com menos de 4 anos não são permitidas no teatro).
Segundo o site do Cirque du Soleil, a peça ficará em cartaz até o dia 19 de fevereiro de 2017 aqui em NY.

Tenho certeza que esta será a minha recomendação para os nossos próximos hóspedes 😉 e eu já estou me movimentando para assisti-la 🙂 ❤

O teatro fica na:  213 West 42nd Street New York, NY 10036 (The Lyric Theatre)

Para comprar ingressos antecipados, é só acessar:

http://www.ticketmaster.com/Cirque-du-Soleil-Paramour-tickets/artist/2154484?

Para grupos maiores de 12 pessoas, há um desconto de até 30%

 

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeee

E Finalmente Descobriram o que Ele Tinha!

meniere-1

 

Olá Pessoal!

Essa semana começou com uma revelação bastante importante para nós: FINALMENTE, depois de 9 anos, um médico conseguiu descobrir o que o Uka tinha: Síndrome de Ménière.

Tudo começou com uma perda auditiva no ouvido esquerdo. Ele passou em vários profissionais e disseram que ele tinha tinitus. O mais estranho é que havia afetado apenas um ouvido (e a doença geralmente afeta os dois). Ele até chegou a usar um aparelho que não ajudava quase nada. Sem contar o zumbido no ouvido, aquele zumbido que nunca ía embora e que incomodava até na hora de dormir.

Depois, apareceram as enxaquecas, de ele ter de tomar dorflex toda semana, com uma crescente frequência em suas aparições. Ele fez vários exames (inclusive para descartar um tumor no cérebro) e NADA foi descoberto.

Como se não bastasse isso tudo, ele começou a ter crises de vertigens (tipos aquelas de labirintite) seguidas de vômito (de mal conseguir ficar de pé). Teve que cancelar vários shows por causa disso.

Até que, ENFIM, ele encontrou um médico que deu esse diagnóstico e que conseguiu responder a todas as dúvidas dele.

Não existe cura para a doença, mas ela pode ser controlada. E, dependendo do tratamento escolhido, ele pode recuperar pelo menos uma parte da audição. E, dependendo do tratamento, ele pode PERDER o resto que ainda tem no ouvido que tem a perda.

O médico disse a ele que as aparições de sintomas dele foram atípicas (em relação a ordem de aparecimento) e ele estranhou que nenhum médico NUNCA tenha levantado essa hipótese.

Gente, essa aparição dos sintomas foi acontecendo dentro destes NOVE ANOS. O negócio foi se arrastando e o quadro piorando, mesmo ele indo de médico em médico. Todos os médicos diziam que ele tinha a perda auditiva porque era músico (claro, muito mais fácil dizer isso do que ir buscar a causa).

O meu objetivo maior ao escrever este post foi o de alertar as pessoas, principalmente aquelas que tem enxaquecas e vertigens (e não melhoram muito com a medicação) a buscarem uma ajuda mais especializada e levantarem a questão dessa doença. O Uka já está com isso a mais de 9 anos e poderia ter evitado a progressão da doença se tivesse tido o tratamento adequado desde o começo.

Bom, é isso por hoje!

Vejo vocês no próximo post! Byyeeeeeeee

http://www.facebook.com/viajantesemmala

http://www.instagram.com/viajantesemmala