A Minha Experiência: Compras na Loja Century 21

A Century 21 é uma das lojas preferidas dos brasileiros que visitam NY. Sempre recebo mensagens de viajantes que me perguntam sobre essa loja e as mais comuns são: ela vale mesmo a pena? Quantas horas devemos reservar para visitá-la? Quais os artigos disponíveis na loja? Pensando nessas pessoas, decidi escrever sobre a minha experiência e as minhas impressões sobre essa loja.

CENTURY 21

(Fonte da foto: http://www.nycgo.com)

Bom, eu tenho sentimentos ambivalentes quanto a ela…rs. Na verdade, meus sentimentos mudam muito de acordo com as compras que eu faço e com a quantidade de clientes nela. Volúvel? Nem um pouco 😉

É possível visitar três lojas na cidade: uma fica em Downtown, outra no Upper West Side (UWS – fica pertinho do Lincoln Center) e a outra fica no Queens (praticamente não há turistas nela). A loja de Downtown é enorme enquanto que a loja de UWS é bem menor, porém esta última é a minha preferida. E eu vou contar o porquê disso: simplesmente porque há menos turistas e isso faz com que haja menos filas e menos pessoas batendo em você. A loja de Downtown até parece uma feira livre: gente batendo em você, largando a cesta de compras em qualquer lugar, um povo gritando/falando alto.

Para quem sabe inglês, vale a pena ler os comentários das pessoas sobre essa loja (ela recebeu só 3 estrelas nesta conhecida página onde as pessoas postam suas opiniões sobre serviços, estabelecimentos e produtos):

 http://www.yelp.com/biz/century-21-new-york

É possível encontrar nessa loja produtos de casa, mesa, banho, roupas masculinas/femininas/infantis, óculos, bolsas, acessórios, sapatos, brinquedos, malas e até chocolate GODIVA (as caixas de bombons são mais baratas nessa loja, mas fique atento, pois a data de expiração deles não é muito longa). Há, no subsolo eles também vendem lembrancinhas de NY bem bacanas 😉

Acho que a dica mais valiosa que eu posso dar sobre essa loja é a seguinte: o estoque deles é de acordo com os produtos que eles conseguem comprar em lotes. Isso significa que o que eles têm disponível é o que está nas prateleiras. Um mesmo produto pode apresentar dois preços diferentes, porque vieram de lotes diferentes. PORTANTO, caso você goste de algum produto, coloque ele na sua cesta de compras e decida-se pela compra na hora em que estiver na boca do caixa. Caso contrário, você corre um grande risco de voltar para pegar o produto e não mais encontrá-lo.

Levo os meus clientes nessa loja e eles gastam facilmente de 2 a 3 horas na loja 🙂

E você, gosta dessa loja? Deixe aqui seu comentário 🙂 😉

Produtos essenciais para a minha vida de mãe

Eu sei que é quase impossível numerarmos TUDO o que nos ajudou (e ainda ajuda) durante a criação dos nossos filhos.

Eu fiz uma lista de coisas que achei essenciais e que recomendo aos futuros papais que fazem compras comigo em Nova York:

 

* MORDEDOR COM CHEIRO:

Lukinha sofreu muito com o nascimento dos dentes e procurei, durante um bom tempo, um mordedor que eu achasse que seria ideal para ele. Um dia, li um review em uma revista sobre estes mordedores e resolvi testar. Eu e ele adoramos. Comprei 2 (pois só vendiam de dois) e ele usou os dois 🙂 O mordedor tem um cheirinho de baunilha que nunca acaba. O produto é importado da França:

mordedor

 

* OVELHINHA COM SONS:

Esta ovelhinha meu filho ganhou dos vizinhos que moravam no apartamento de cima e eu amei. Meu marido, na época, veio me dizer que os vizinhos escutavam o choro do Lukinha e deram um jeito saudável na situação. Pode ser 🙂 O mais interessante é que no primeiro mês minha mãe estava em NY comigo e, ELA também dormia com o barulhinho da ovelhinha. Ela gostou TANTO que comprou uma ovelha para ELA e levou para o Brasil…rs

É possível encontrar a ovelha em dois tamanhos. A do Lukinha era menor e ficava presa na ponta do berço dele. Quando ele já se mexia no berço e estava maior, ele mesmo ía lá e ligava a ovelha 😉 Um dos barulhos representa o barulho da água no útero materno. Esse é um produto que eu recomendo de olhos fechados.

ovelha

 

* SWADDLE:

Esse é o nome (em inglês) desse produto. Não sei dizer qual é o nome em português (se é que tem). Esse foi outro presente que eu ganhei. Desta vez, veio da minha ex-chefe americana e, segundo ela, é febre entre as mães aqui. Ela comprou de dois tamanhos diferentes e disse que seria muito útil. Infelizmente, demorei uns 2 meses e 1/2 para começar a usá-lo. No primeiro dia, meu filho dormiu A NOITE INTEIRA (não acordou para mamar). Achamos que era coincidência e usamos pela segunda noite seguida. A mesma coisa aconteceu! No terceiro dia, decidimos acreditar que era efeito do paninho e ele usou até o pano ficar pequeno e ele se acostumar a dormir a noite toda. Devo confessar que, no primeiro dia, fiquei um pouco angustiada de vê-lo com os bracinhos presos (não sufocado, claro!), mas como ele logo ficou calminho e dormiu profundamente, achamos que estava do agrado dele 😉 O único trabalho que se tem é colocar o bebê no saquinho. Depois de um tempo, meu filho aprendeu a tirar os braços lá de dentro e, mesmo assim, dormia tranquilo. Olhando para a foto abaixo, não parece que ele está tranquilo e confortável?! PS: não é preciso colocar o babador. Meu filho usava um porque tinha refluxo e vivia vomitando.

 

1619201_1413171708929527_336390556_n

 

* MAMADEIRA DA MARCA DR. BROWN

Lukinha ganhou do pai uma mamadeira desta marca. O produto foi comprado completamente ao acaso e, por fim, serviu perfeitamente. A mamadeira vem com um tipo de filtro no meio que evita cólicas no bebê. Tenho que confessar que eu era incrédula quanto a isso, mas por fim, parece que realmente funcionou. Lukinha teve cólica apenas nos primeiros dias de vida \O/ A única parte ruim desta mamadeira é que precisa ser limpa com mais cuidado do que as demais mamadeiras, principalmente no filtro que fica com resto de leite.

mamadeira

 

 

* ALMOFADA PARA AMAMENTAR

Esta almofada foi muito útil não apenas para dar a mamadeira para o Lukinha como também ajudou meu filho a dormir até quase 1 ano. Lukinha teve problema de refluxo e não podia dormir deitado na horizontal. Ele dormia quase sentado na almofada. O que eu mais gostei desta almofada é que era possível tirar a capa para lavar.

nursing pillow

 

 

* CADEIRINHA DE REFEIÇÃO PORTÁTIL

Ate hoje meu filho usa esta cadeirinha. Hoje ele mesmo sobe na cadeirinha e coloca o cinto. Esta cadeira vira uma maleta e pode ser levada para qualquer lugar. Outra vantagem é que, por ser de plástico, é muito fácil de limpar.

pTRU1-12470644enh-z6

 

* POTINHO PARA COLOCAR O LANCHINHO

Até hoje meu filho usa o potinho. Como ele come muito cheerios, eu coloco as bolinhas no copinho e ele TEORICAMENTE come de uma em uma, sem fazer muita sujeira. Eu falei teoricamente porque agora ele já aprendeu a levantar as abas do copo para poder pegar mais comida de uma vez 😉 O copinho vem com uma tampinha para manter o alimento protegido.

pTRU1-17010400enh-z6

 

* CREME PARA ASSADURA

Lukinha usou este creme desde os primeiros dias de vida e não teve problema algum. Nós compramos um pote exatamente como este e não nos arrependemos: este creme realmente funciona. Todas as vezes que Lukinha ficou assado (principalmente na época de troca de dentição), este creme funcionou perfeitamente. Eu passava o creme na pele irritada e na próxima troca de fralda não havia mais nada. Já foi usado para assadura em adulto e também funcionou. Enfim, é um creme para a família 🙂 Há a versão bisnaga para ser levada na bolsa.

 

 

pTRU1-8072204dt

 

À medida que eu for lembrando de mais algum problema, eu venho atualizar o post. E aguardem o post das comidas que meu filho ingere diariamente.

Dica de NY: comendo saudável e barato

trader-joes

 

Caso você esteja com o seu orçamento apertado e, ainda sim, quer comer de forma saudável, aqui vai a minha dica: compre neste supermercado: TRADER JOE’S.

Este é um supermercado num estilo natureba, onde você encontra uma grande variedade de alimentos e com preços ótimos (claro, sempre comparando com os preços de Manhattan). Eu diria que ele substitui muito bem as compras no WHOLE FOOD 😉

Minhas dicas de compras:

– 1 bandeja de yogurte com 6 unidades por U$2.99 (o yogurte de morango tem gosto de danoninho).

– 1 bandeja com 16 sushis por U$6.49 (eu compro 1 bandeja dessa e divido com meu marido. Ficamos os dois satisfeitos). Existe uma bandeja com 8 por U$3.99

– Suco de laranja (se você estiver com mais uma pessoa, compensa comprar a embalagem maior: sai mais barato do que 2 pequenas).

– Wraps (de vários sabores) a partir de U$3.99

– Saladas a partir de U$3.99

– Pita chips – U$2.99 (se não me engano)

– Banana (U$0.19 a unidade). Se for orgânica, custará U$0.29 a unidade. Todas as duas são muitos boas e demoram a apodrecer.

Os meus dois endereços preferidos:

2073 Broadway (bem pertinho da estação 72, linha vermelha)
New York, NY 10023
212-799-0028
Funcionamento: segunda a domingo, das 8:00 às 22:00

675 6th Ave
New York, NY 10010
212-255-2106
Funcionamento: segunda a domingo, das 8:00 às 22:00

O website deles: http://www.traderjoes.com/index.asp

Existe uma grande probabilidade de você chegar lá e ter uma fila gigantesca. Entre nela e você não ficará nem 15 minutos. Há muitos caixas e são bem eficientes (rápidos).

Na sessão de salgadinhos (perto dos frios), há uma variedade de sabores diferentes. Eu sempre compro um de vegetables e um de batata com lentilha (parece ser ruim, mas não é. Meu filho pequeno adora).

Aqui em NY as pessoas costumam comer na rua, especialmente em parques. Se você comprar no endereço da sexta avenida, pode comer no parque em frente ao Flatiron Building e se comprar no da 72, pode ir comer no parque quase na frente ou ainda no Central Park (ah, nesse endereço você corre o risco de encontrar a Yoko Ono fazendo compras) 🙂

Recebemos a recomendação de um vinho deles de lá que é bom e barato, mas eu ainda não experimentei.

E você, já experimentou alguma coisa de lá? Conta aqui para a gente o que achou 😉

Dicas de Como Fazer Compras em NY

A-woman-carrying-several--006

 

 

Olá pessoal!

Uma questão que sempre me deixa pensativa é: como os brasileiros que chegam em NY podem perder tantas horas dentro de lojas e deixar o turismo para segundo plano?!

Eu sei que os preços são muito diferentes do Brasil e que geralmente esses turistas chegam não só com a lista deles, mas de amigos, familiares, vizinhos, conhecidos, etc. Eu sei de tudo isso, MASSSS, ainda sim, acho que o tempo destas pessoas poderia ser mais bem aproveitado.

Segue aqui as minhas dicas de compras em NY (o post é longo, mas vale a pena ler até o final):

–   Tenha em mente que nem todas as lojas físicas possuem um vasto estoque na loja e, você pode voltar para casa com as mãos abanando.

–   Se você vem para NY e tem algo que você queira muito comprar, sugiro que compre ONLINE. Eu só compro na loja quando eu realmente preciso de algo para ONTEM e, depois de pesquisar muito o preço online. Veja como economizar o envio (shipping). Se for possível, coloque na opção STORE PICK UP (onde é possível você ir buscar no mesmo dia) ou, ainda, no envio para a loja (ship to store).

–   Faça uma lista de todos os produtos que você pretende comprar. Isso otimizará a sua busca pelo produto (seja online ou na loja física).

–   Não deixe de checar a numeração de roupa e sapato AINDA NO BRASIL. Se for o caso, imprima uma tabela e coloque na sua bolsa. Nem todas as lojas possuem a tabela exposta e/ou nem todos os vendedores sabem a conversão de tamanho.

–   Não se esqueça do imposto cobrado aqui em NY: 8.875% em cima do valor da etiqueta.

–   Caso esteja na loja, SEMPRE cheque o valor dos seus produtos nas máquinas disponíveis. Já descobri verdadeiras barganhas fazendo isso (eu sei que demora, mas vale a pena checar).

–   Não deixe de pedir desconto…mas se a pessoa disser que não pode dar, NÃO INSISTA. Aqui não é como no Brasil que a pessoa muda de idéia. Isso pode causar um certo desconforto na caixa que está te atendendo.

–   No momento de pagar pelos seus produtos, verifique se está tudo dentro da sacola e se os preços conferem com o que você havia visto. Caso não estejam, reclame na hora ou volte na loja no dia seguinte. Caso a caixa não resolva, chame o gerente (manager).

–   A maioria dos produtos possuem pelo menos 15 dias para devolução, com exceção de alguns itens em liquidação (caso o produto não possa ser devolvido, estará claro isso na nota fiscal e/ou a caixa avisará na hora que entregar a nota). Se você estiver insatisfeito com a sua compra, devolva o produto (aqui não vão ficar questionando o motivo da devolução).

–   A grande maioria dos produtos que são comprados ONLINE podem ser devolvidos na loja ou trocados por um tamanho menor/maior (até se não gostar da cor você pode ir lá trocar).

–   PELO AMOR DE DEUS, quando fizer pesquisa online (para comprar o produto na loja), cheque o site AMERICANO na hora de escolher/comprar algo, pois o vendedor aqui não faz milagre de FABRICAR produtos para você. Já vi muito brasileiro destratar vendedor porque o produto não estava disponível na loja.

–   Caso goste de algum produto, COMPRE ou segure com você (se possível). Já tive cliente que por 5 minutos ficou sem o produto desejado.

–   Não se acanhe em usar CUPONS. Essa prática já faz parte da cultura americana (tem até programa de tv sobre isso). Muitas lojas oferecem os cupons que podem ser encontrados online se você fizer o SIGN UP no site deles. Uma vez que você se inscreva no site, deverá receber vários cupons (sugiro que faça o sign up usando um endereço de e-mail que não seja o seu e-mail primário).

– Opte por fazer as suas compras em lojas grandes e/ou conhecidas. FUJA das lojinhas pequenas da quinta avenida (aquelas que tem uma vitrine com um monte de coisa a mostra: computador, câmera, etc). SEMPRE tem reclamação de que elas são pegadinhas para turista 😦

– Leve uma mala de rodinha se for fazer compras (aqui ninguém passa vergonha puxando mala) 😉

No mais…VOLTE PARA O BRASIL COM A MALA LOTADA 🙂

 

(post atualizado dia 28 de março de 2015)