Dicas para se dar bem na prova do TOEFL

Quem vem acompanhando o nosso blog e a nossa página no facebook (https://www.facebook.com/viajantesemmala) sabe que eu (Cris) estou numa loucura total as voltas com as inscrições para o doutorado em Psicologia, que acontece apenas UMA VEZ por ano e que só começará em setembro do próximo ano. Isso significa que, caso eu não passe esse ano, só poderei tentar novamente em dezembro de 2015 para começar em setembro de 2016. Rezem por mim para que eu entre nessa turma de agora 😉

Um dos pré-requisitos para a inscrição é a prova do TOEFL (para os alunos estrangeiros que não fizeram faculdade ou pós-graduação aqui). Esse é o meu caso e, por isso, fui obrigada a fazer a prova.

Essa foi a SEGUNDA vez que eu fiz a tal prova (a primeira foi em 2008). Fui obrigada a refazê-la, pois os resultados só valem pelo período de 2 anos. Acho isso meio absurdo, mas enfim, não há o que fazer sobre isso.

Dessa vez, não tive muito tempo para estudar…aliás, praticamente não abri o livro. Na minha opinião, o mais importante para a prova é você entender como ela funciona e pegar todas as dicas possíveis de quem já fez. Como eu já tinha feito e as regras ainda estavam fresquinhas na minha mente, acho que isso ajudou.

 A prova tem duração de 4 horas: na primeira parte da prova, você fará o reading e o listening. Depois de concluído estes dois itens, você tem 10 minutos de intervalo para fazer o que quiser. Geralmente as pessoas usam esses minutinhos para ir ao banheiro e/ou comer 😉 Na segunda parte, você fará o speaking e, por fim, o writing.

Sempre tenha em mente uma questão: o seu inglês será comparado com o de outras pessoas que não são nativas, ou seja, seu desempenho não será comparado com o inglês de um americano. Só essa informação já me deixou mais tranquila…rs

O mais importante (na minha opinião) é ficar de olho no relógio que fica na tela. Como você é proibido de entrar com relógio para fazer a prova, esse relógio que fica na tela será o seu guia para que possa terminar todas as sessões no tempo certo.

Nessa última prova que eu fiz, sei que o meu desempenho no reading não foi tão bom quanto foi na minha prova de 2008. Tenho tido uma certa dificuldade em prestar atenção em textos chatos e, infelizmente, na minha prova eles foram a maioria. Sei que desta vez fui mais rápida no speaking e no listening comparada a outra prova. O resultado sai esta semana e depois eu conto para vocês o que deu 😉

Este foi o livro principal que usei para estudar para a prova:

photo-1

Também usei um livro específico para melhorar o vocabulário. Aproveitei as palavras contidas nele para estudar também para a prova do GRE (essa é a outra prova – a mais temida) e que realizarei na quinta-feira.

Para quem pensa em fazer a prova de TOEFL, aqui vão algumas dicas que eu aprendi em um curso que fiz aqui em NY:

* Compre um bom livro do TOEFL com CD: o CD é muito importante para os exercícios de listening. Não fique economizando quanto a isso, pois essa pode fazer a diferença no seu resultado.

* Faça anotações no próprio livro (para não esquecer):  se não quiser riscar o livro, faça anotação a lápis ou coloque post-it. O importante é que as suas idéias/dúvidas fiquem ali armazenadas.

* Separe pelo menos 2 horas por dia para estudar: disciplina é tudo nessa vida e, um bom ritmo de estudo garantirá bons resultados.

* Assista filmes com legenda em INGLÊS ou sem legenda: não dá para ficar “traduzindo” na hora da prova. É preciso que o inglês seja incorporado e que a forma de pensar seja no idioma.

* Leia em inglês e procure no dicionário as palavras que não sabe (se possível, num dicionário inglês-inglês)

* Controle o tempo das suas respostas na sessão SPEAKING. Você não pode deixar muito tempo sobrando (não deixe mais de 3 segundos) e nem deixe a gravação cortar a sua resposta: essa, na minha opinião, é uma das melhores dicas que se aprende na aula 😉

* Evite falar muito devagar e tente ser o mais claro possível. Não se preocupe com o seu sotaque: lembre-se que muita gente que mora aqui nos EUA fala com sotaque.

* Na interpretação de texto, utilize apenas as informações que estão nele: mesmo que você saiba sobre o conteúdo (mais do que está dizendo ali), a resposta para a pergunta está baseada no texto. A resposta tem que estar ali 😉

Para se inscrever para a prova do TOEFL, é preciso acessar a página deles: http://www.ets.org/toefl

Ao marcar a prova, é preciso colocar para onde quer que os resultados sejam enviados. É oferecido 4 envios gratuitos e, depois desse número, eles cobram por unidade. O resultado fica disponível no site após dias da data da prova. Também recebemos um report via correio.

Quem tiver mais dúvidas e/ou quiser compartilhar sua experiência sobre a prova, por favor, deixe mensagem nesse post que todos os comentários serão devidamente respondidos.

Até a próxima 😉

Indicação de Livros de Inglês

Eu sempre utilizei os livros da Cambridge, mas desde que me mudei para NY e fiz um curso aqui, estes foram os mais indicados:

 

1781873_1416411561938875_1196189355_n

 

Este livro de capa azul é um excelente livro de inglês. Na hora de comprar, checar se ele vem com as respostas no final dele, pois isso ajuda na aprendizagem (para checar as respostas). Ele é escrito todo em inglês, o que força o aluno a mergulhar no idioma. Eu utilizei este livro para estudar para o TOEFL (como material de apoio).

 

1656241_1416411538605544_1430432298_n

 

Este livro de capa preta é da mesma autora do livro azul, mas ele é mais básico, para quem é iniciante no idioma.

Eu sei que hoje em dia a disponibilidade de material online é enorme. Contudo, eu acredito que possuir um livro de consulta é sempre bom, além de um bom dicionário (de preferência, só inglês).

Se quiser, também é possível comprar o livro extra de exercícios.

Já usou algum destes livros? Gostou? Deixe aqui seu comentário sobre eles.