Minha experiência: Black Friday & Cyber Monday

black-friday-macys

(Fonte da foto: www.foxbusiness.com)

De tanto as pessoas me perguntarem se vale mesmo a pena viajar para NY no período do THANKSGIVING (para pegar o Black Friday), decidi contar um pouquinho a minha experiência com a data. Aí, vocês podem tirar a conclusão de vocês 😉 Vale ressaltar que esta minha experiência é de NOVA YORK.

Meu primeiro ano de Black Friday foi em 2007. Ainda estava CRUA no assunto e decidi me aventurar nas compras. Na época, fui com um amigo que tinha carro e, por isso, achei que seria tudo mais fácil, já que o meu objetivo era comprar uma tv de 42″. Quem já participou deste tipo de evento, sabe que as lojas colocam alguns preços bem mais baixos e que também disponibilizam POUCOS PRODUTOS. Logo na fila, já vi gente fazendo as contas do número de pessoas e o que elas planejavam comprar. Um dos homens fazendo isso tinha papel e caneta e estava anotando para ver se valia a pena ou não passar frio  para comprar o produto desejado. Esse em questão queria comprar um laptop da Sony e, pela contagem dele, não ia dar 😦 Já perto do horário de abertura da loja, começamos a receber uma senha dos funcionários, a fim de tentar conter os fura-filas (mal sabiam eles que os próprios clientes também já haviam feito isso…rs).

Na hora em que a porta abriu, foi correria, gente caindo e, confesso que fiquei com medo. Vi gente se jogando em cima dos produtos e gente brigando para ver quem ia levar a última peça. Achei muita muvuca e acabei voltando sem a minha TV.

Depois de um ano morando aqui e acompanhando os preços, comecei a ver que, PARA MIM, não valia a pena enfrentar frio e fila para fazer compras. Quem realmente quer comprar coisas grandes acaba ACAMPANDO em frente a loja para garantir o produto: costumam levar a família e já vi até gente fazendo mapas, pois sabiam aonde os produtos estavam. O negócio é organizado 😉 🙂

Eu tenho a minha listinha de produtos que eu quero comprar e passo o ano pesquisando. Como aqui as coisas não mudam muito de preço isso facilita a nossa vida. Também tenho a vantagem de estar sempre visitando lojas com as clientes e, por isso, tenho uma média de valores e é por eles que me guio.

Como eu faço as minhas compras no THANKSGIVING/Black Friday: basicamente ONLINE e, se possível, com store pick up. Ano passado, fui até a Toys R Us (aqui do meu bairro) comprar algo para o meu filho, mas eu sabia que os melhores produtos iam estar indisponíveis (pude comprovar isso). Eu deixei para ir no sábado, pois a promoção que eu queria estava nesse dia. Muitas lojas estão dividindo as promoções por dias, assim eles conseguem agarrar um número maior de consumidores.

No ano passado (2013), a Macy’s, pela primeira vez em sua existência, abriu as suas portas para o Thanksgiving/Black Friday. Eles abriram a loja ainda no Thanksgiving, as 20h. Estranho, né? Eles são os responsáveis pela parada do Thanksgiving na cidade e não abriam a loja.

A cada ano, as lojas abrem as suas portas mais cedo e também, fazem mais publicidade sobre a data.

O Cyber Monday (que muita gente não conhece) é a segunda-feira de compras online. No ano passado, também aproveitei para comprar nessas promoções (que são um pouco mais “tímidas” do que as do Black Friday, mas ainda sim valem a pena).

Para tentar responder a pergunta inicial que era se valia a pena ou não, segue a minha resposta: para mim, não vale a pena enfrentar fila e, SIM, dependendo do produto, vale a pena esperar para comprar (ONLINE) nessa época. O importante é ir acompanhando os preços no decorrer do ano para, quando chegar esse período, decidir se vale ou não a pena a compra. Caso a pessoa se arrependa, vi algumas lojas que tinham essa política de NÃO DEVOLVER determinados produtos (principalmente aqueles mais baratos). Fique de olho nesta política de devolução nessa época do ano porque ela muda e ela pode ser específica para certos produtos sendo vendidos.

Ah, vale apontar outra coisa: comprei coisas online e coloquei para store pick up, mas recebi o produto depois de 10 dias, pois eles estavam indisponíveis na loja (apesar do site dizer que havia no estoque). Como eu não estava com pressa, para mim não teve problema.

Para quem vem para a cidade LOGO APÓS o Black Friday, talvez seja possível também aproveitar esse período e colocar o produto para store pick up para depois só ir buscar. A Best Buy costuma dar um período maior de tempo de busca. A Toys R Us acho que dá apenas 3 dias (o que eu considero pouco 😉 ).

E você, qual foi a sua experiência aqui em NY nesse período do ano? Conta aqui para a gente 🙂

As filas são gigantes!!!

F0bLYt1ehDy2PHexJwFhnQ

(Fonte da foto: www.stumbleupon.com)

Esta é a loja da Best Buy que fica aqui perto de casa

4ed7e09c11a25.image

(Fonte da foto: www.qchron.com)

O Fantástico Mundo de Lukinha – Astoria e Woodside

Olá amigos!

Lukinha está com o celular lotado de fotos 🙂 Algumas realmente não poderei postar pois estão bem desfocadas, mas outras são uma gracinha!

Hoje decidimos postar algumas fotos que ele tirou em nossas andanças pelo bairro. Costumamos fazer compras em algumas lojas pelo bairro de Woodside e vamos sempre caminhando até lá (já que não temos carro e achamos que não vale a pena pegar o metrô para chegar até lá).

Estamos também começando a gravar alguns vídeos com o Lukinha 🙂 Ele tem muito mais desenvoltura do que a mãe e o pai juntos…rs Como ele ainda não fala direito, não é possível entender muito bem o que ele fala, mas ele bem que tenta 🙂 ❤

Sem mais blá blá blá, aqui está o que ele tirou de foto para esta semana:

CAM00242

CAM00245

CAM00246

CAM00248

CAM00250

CAM00254

CAM00255

CAM00256

CAM00257

CAM00258

Para quem chegou até aqui para apreciar o trabalho dele, hoje ele deixa aqui para você um recadinho explicando um pouco sobre a escolha do que fotografar:

;g;dddhr;ssddtddhdd;ssdgd;ddgd;f;ddypsddydd0ddddddekssssgl,wglg;ssss;ddjd

 

Vemos vocês semana que vem com mais uma aventura do nosso querido Lukinha 🙂

Se gostou do post, pode curti-lo e também deixar um recadinho 🙂 (todos os recadinhos são lidos para o Lukinha)

O Fantástico Mundo de Lukinha!

Lukinha é um menino muito curioso e apaixonado por tudo o que é eletrônico: computadores, ipads, ipods, câmeras e celulares (principalmente esse último) 🙂 Para se ter uma idéia do PODER do celular na vida dele, vou contar uma coisinha sobre isso: Lukinha está no processo de desfralde e tentamos de TUDO para que ele aprendesse a fazer pelo menos o xixi no penico. Passei a oferecer o celular todas as vezes em que ele sentava para tentar fazer o xixi. Não deu 24 HORAS e ele simplesmente aprendeu. Hoje ele já pede para fazer xixi (ou já pega direto o penico), mas nos lembra de pegar o IAIA (celular). Lukinha completou 3 anos no mês passado, mas já está familiarizado com o iaia desde menos de 1 ano de idade.

Além de assistir aos vídeos preferidos dele no youtube, ele também gosta de fazer vídeos e tirar fotos. No fim do dia, antes de dormimos, sempre checamos o celular dele (sim, porque ele tem um celular velho que era nosso e agora pertence a ele) e vamos ver o que ele tirou de foto. É sempre muito interessante ver o que ele escolhe para fotografar. Ele não sabe (ainda!) utilizar os muitos recursos disponíveis para fotografar, mas tem clicado muita coisa interessante.

Esta semana fui atender uma paciente em Downtown (bem pertinho do Battery Park) e o Uka foi com ele para levá-lo ao parque próximo de onde eu estava. Quando sai da sessão e me encontrei com eles, Uka me falou que o Lukinha tinha tirado muita foto legal por onde eles andaram e que eu deveria ver. Foi daí que surgiu a idéia de iniciarmos uma série de posts semanais sobre o mundo que o Lukinha captura com a sua máquina.

As fotos são tiradas com um celular LG-MS770 e não receberam nenhum tratamento.

 

(Lukinha tem verdadeira adoração por esses caminhões)

CAM00655

 

(Papai arrumando a blusa dele e ele tirando foto. Não pode perder tempo)

CAM00656

 

(Entrada de um dos parques onde ele quis ir)

CAM00658

 

(Mesmo atravessando a rua é hora de foto, não é?!)

CAM00659

 

(Parei para tirar uma foto desse prédio e Lukinha quis tirar também. Tivemos que voltar, PARAR e esperá-lo tirar a foto. Ele fica mexendo a câmera para ver qual o melhor ângulo. ACREDITEM!)

CAM00660

 

(Tem alguém trabalhando nos SELFIES…tá quase lá 😉 )

CAM00851

 

Este post foi escrito e revisado pelo autor das fotografias. Mostrei o preview do post para o Lukinha e ele disse: “bom, né?!”. Esse é o meu filho.

E você, gostou da visão de NY a partir de uma criança de 3 anos?

Sugestões para próximas locações para fotos dessa série serão bem-vindas! 

O próximo post será sobre Astoria. 

Até a próxima!

Ah, se gostou, pode curtir o post e recomendar aos amigos 😉

Dica de Compras: Qual É A Câmera Ideal Para Ser Levada Em Uma Viagem?

Hoje o nosso post foi escrito por uma amiga nossa (Luana Degobi) que é fotógrafa profissional e aceitou nosso convite para escrever sobre qual câmera é a ideal para viajar.

“Primeiro deixa eu me apresentar. Me chamo Luana Degobi, sou fotógrafa há 5 anos e registro sorrisos de crianças.  Estou colocando meu blog “Meu Mundo Menininha” no ar ainda esse mês e nele vai rolar assuntos de viagens e coisinhas de menininhas. A convite da amiga Cris, vim contar um pouco da minha experiência e ajudar a vocês a escolherem uma câmera boa para registrar tudinho na viagem.

Quem é que não gosta de viajar e sair registrando todos os momentos? Eu digo que a fotografia tem o poder de congelar todas as imagens que vemos durante o passeio e que mesmo registrando nas nossas memórias, ao olhar uma fotografia, todo aquele momento retorna com força. Certo? Com o mercado cheio de opções, deixando até nós fotógrafos profissionais com dúvidas,  precisamos responder algumas perguntinhas para nós mesmos:

Para que preciso de uma máquina? Você quer fazer registro de tudo certo?

Então, com certeza você vai precisar de uma câmera que ofereça fotos com baixa luminosidade, retratos, fotos macro (para objetos perto e com detalhes focados), fotos em movimento, panorâmica para paisagem. Partindo desse princípio, então vamos pensar:

Bateria ou pilhas?

Na minha opinião, bateria, pois elas tem maior durabilidade. As pilhas acabam muito mais rápido e as recarregáveis nem sempre são as melhores indicadas. Não esqueça de comprar uma bateria reserva.

Quanto de megapixel?

Se é uma câmera para você registrar sua viagem e depois revelar suas fotos até 20×30, uma câmera de 10mp já atende as suas necessidades.

Mas Lu, qual câmera escolher então???!!!

Compacta X DSLR?

O mercado também está mais acessível para comprar uma DSLR, porém levanto alguns pontos negativos (apesar de ser profissional).

* Essas câmeras são pesadas. Você precisa ter lentes claras (que significa com maior abertura) e essas lentes são caras. Também tem o caso de sujar mais rápido o sensor caso tenha mais de uma lente e tenha que ficar trocando as mesmas.

* Outra coisa muito importante: você precisa aprender a usar a câmera, porque do que adianta ter uma Ferrari na mão se você mal sabe dirigir um fusquinha? Sério, não me levem a mal. Eu aconselho a todos que querem comprar uma câmera profissional a fazer um cursinho básico e aprender a mexer no seu equipamento.

As câmeras compactas tem vantagens de serem menores, leves, mas nem sempre são boas. Se pesquisar hoje, as marcas tem feito câmeras com uma qualidade bem superior e com recursos que ajudam a quem está fotografando.

Minha primeira viagem para fora do Brasil foi para a Disney e levei a minha câmera profissional. Confesso que muitas das vezes deixava-a na mochila, porque me incomodava ficar levando ela, fora que toda hora tinha que guardar por causa dos brinquedos, e como trabalho na área, quando viajo quero descansar um pouquinho.

No outro ano, pesquisei uma compacta e escolhi a G1X da Canon, e super indico. Clarooooo que ela me deixa na mão algumas vezes, porque quero que ela faça o que uma DSLR faz né? 😉 Mas ela tem feito imagens ótimas. Ela fotografa em RAW: isso significa que consigo fazer edição nela com arquivo cru. Ela tem um ISO que vai a 12800. Tem abertura 2.8/5.8 (lembrando que 2.8 só na grande angular), ela tem entrada para encaixe de flash externo (dedicado), o zomm dela é de 4x zoom ótico e ainda filma em full hd. Esses foram os motivos que me levaram a ter uma compacta para viajar. Levei para Disney a segunda vez e para BsAs.

Então, na hora de escolher sua câmera, seja ela profissional ou compacta, observe esses detalhes importantes.

ISO – quanto maior o ISO mais clara podemos deixar a foto, lembrando que quanto maior o ISO mais granulada a foto fica. Ou seja, foto com grãos.

ABERTURA (DIAFRAGMA) – quanto menor o diafragma, mais luz entrará na foto. Só que sendo uma lente com zoom, o diafragma só terá abertura maior na grande angular.

ZOOM – Quando você está procurando uma câmera digital você sempre ouvirá duas coisa: zoom ótico e zoom digital. Lembre-se de olhar o zoom ótico, porque quando passa para o digital, passa a aumentar os pixels da sua foto, e ela ficara bem “pixelizada”.

Contudo, hoje no mercado tem os celulares que tem feito fotos bem legais (sério, isso não é pra mim risos) e a GoPro que tenho lido muito sobre a qualidade de video. Também sei que a estabilização dela é ótima e tem como fotografar embaixo d’água com caixa própria). Para fotografia não posso falar. Pois nunca testei. Comprarei na próxima viagem e poderei falar melhor sobre ela.

Agora é com vocês.. Lógico que a câmera profissional sabendo mexer vai render fotos perfeitas. Mas vocês decidem se querem encarar o peso o tamanho com ela ou preferem registrar legal e estar com uma câmera mais leve e menor. Ahhhhh e tem viagens e viagens. Estarei indo a NY esse ano, e não abro mão de levar minha profissional. Mas, farei apenas um dia de fotografia com ela. De resto deixarei descansando e registrarei com a G1x….

DICA: Todas as vezes que vocês postarem fotos de paisagens ou objetos, colouem o nome de vocês na foto. Afinal o olhar foi seu!!! E merece créditos! Mesmo que não seja profissional.

Segue as fotos que tirei com a G1X Compacta e a Profissional, respectivamente (fotos tiradas do mesmo lugar com câmeras diferentes)

a1 g1x

a2 camera profissional

b1 g1x b2 camera profissional

c1 g1x

c3 camera profissional

 

Foto explicação

Foto tirada sem flash e ISO 12800

(nota-se muitos grãos na foto, mas eu gostei e muito)

 

Abaixo segue algumas fotos com a  G1x e todas sem o uso do FLASH:

 

IMG_0152 copy

IMG_0402 copy

IMG_0636 copy

IMG_0722 copy

IMG_0760 copy\

IMG_0949 copy

IMG_1244 copy

 

Algumas sugestões de compras:

* Sony Cyber-shot DSC-RX100 II Digital Camera

* Sony Cyber-shot DSC-RX100 III Digital Camera

* Canon PowerShot S110 Digital Camera 

* Canon PowerShot G15 Digital Camera

* Canon EOS Rebel T3i DSLR Camera with EF-S 18-55mm IS II Lens Kit

* Canon EOS Rebel SL1 DSLR Camera with EF-S 18-55mm f/3.5-5.6 IS STM Lens

* Nikon D3300 DSLR Camera with 18-55mm Lens”

 

Lu, obrigada novamente e espero tê-la por aqui em um futuro próximo!!! 😉

Adorei o post! E vocês? Espero que sim 🙂 Qualquer dúvida, pode deixar mensagem aqui que ela responderá 🙂

 

Para quem quiser saber um pouquinho mais da Luana Degobi, pode acessar os seguintes links:

Contato de trabalho: www.luanadegobi.com

Fanpage “Meu Mundo Menininha”: 

https://www.facebook.com/pages/Meu-Mundo-Menininha/689094581137076?ref_type=bookmark