Labirinto no Museum of the Moving Image

photo-1

Nunca imaginei que este dia chegaria, mas ele chegou 🙂

Sou apaixonada pelo filme LABIRINTO desde 87 e, assisti pela primeira vez no cinema no domingo passado (1 de outubro) depois de ter assistido pelo menos umas 100 vezes em VHS e DVD. O filme conta a história da Sarah, uma adolescente que vive com o pai, a madrasta e o irmão pequeno. Numa noite, o pai sai com a madrasta e pede a ela para cuidar do irmão pequeno (Toby). A criança começa a chorar e ela, que parece que vive em um conto de fadas, decide falar as palavras mágicas que levariam o irmãozinho para longe dali. Ela fala e o menino simplesmente desaparece 😦 O restante do filme é a saga dela tentando trazer o irmão de volta são e salvo. O filme foi dirigido pelo Jim Henson e contou com o ator e cantor David Bowie (responsável por toda a trilha sonora do filme: escreveu e interpretou) e Jennifer Connelly como os atores principais.

O Museum of the Moving Image (que fica aqui no meu bairro) estava exibindo o filme no domingo passado, mas com um quê a mais: o museu receberia dois profissionais que participaram do filme: Brian and Wendy Froud, responsáveis pelos puppets e figurino do filme, que responderiam algumas perguntas da platéia e, depois autografariam um livro que eles estavam lançando sobre Fairies ❤

Só haviam duas crianças na platéia: Lukinha e uma menininha de uns 3 aninhos. Lukinha adoooora esse filme e, quando ele ouviu a música introdutória, começou a dançar na cadeira (sentadinho e comportado 🙂 ).

photo 1

Cadeiras posicionadas para o momento de conversa com os convidados

photo 3

Foi interessante saber que, pelo menos umas 20 pessoas que estavam no auditório estariam assistindo o filme pela primeira vez 🙂 Devo confessar que o filme começou e meus olhos começaram a se encher de água. Estar ali assistindo um filme que marcou a minha infância, com convidados especiais e ao lado do meu filho foi muita emoção para um coração só ❤ ❤ ❤

O filme terminou e, logo em seguida, a rodada de perguntas começou. Acabei não tirando foto porque não vi ninguém fazendo isso e fiquei meio sem graça de fazer. CLARO que algumas das perguntas foram sobre o David Bowie e, ouvi algumas pessoas comentando que foram na esperança de vê-lo na platéia, o que NÃO aconteceu 😦

O Brian Froud (foto abaixo) foi o profissional responsável pela criação dos puppets e pelo figurino. Ele começa contando como foi que surgiu a idéia do filme e de como foi a criação dos puppets criados especialmente para o filme.

 

photo-1

O Toby, bebezinho do filme, é o filho do casal 🙂 Para quem não lembra daquele bebezinho lindo, tirei essa foto do filme que está aqui passando enquanto eu escrevo o post e, está servindo para deixar o Lukinha quieto!

photo 3

A Wendy Froud (esposa do Brian e mãe do Toby) é super simpática e estava com um “figurino” bem interessante: ela colocou alguma coisa em alguns fios do cabelo e que ficavam brilhando cada vez que ela mexia a cabeça. Parecia uma personagem dos filmes que eles trabalham. Ela é conhecida não apenas por esse filme, mas principalmente pela criação do personagem Yoda (maior orgulho dela). Ela contou alguns detalhes do filme e de como foi difícil ajudar com o Toby (que, segundo ela, chegou a fazer xixi no David Bowie e começou a  andar durante as gravações). Segundo ela, o Toby já teve um Toby 🙂

photo 2 photo 1

Já nas perguntas finais, alguém da platéia citou a sequência do filme Labirinto (que essa semana foi noticiado como sendo algo já certo) e tanto o Brian como a Wendy falaram que não estão sabendo de nada e que deveria ser especulação. Fiquei um pouco na dúvida se eles estavam falando ou não a verdade. O negócio agora é esperar para ver se sai algo mais concreto na mídia.

A sessão de perguntas não foi muito longa e logo eles se dirigiram para o espaço no qual eles estariam autografando o livro deles. A fila não estava tão longa, mas como eles paravam para tirar foto e responder algumas perguntas, parece que foi uma eternidade.

photo 5

Os dois são muito simpáticos e, quando chegou a nossa vez, a Wendy ficou conversando com o Lukinha. Contei que eu era louca pelo filme e que o Lukinha também era. Lukinha confirmou e disse que também gostava do Michael Jackson…rs

Pedi para que autografassem em nome do Lukinha (Max) e assim foi. Por fim, pedi para tirar uma foto com eles.

n

Eu falei para a Wendy que o Lukinha sempre pergunta onde estava a mamãe do Toby e ela começou a contar para ele que o Toby era filho dos dois e que ela era a mamãe dele. Lukinha olhou pra ela e disse: “Owwwww, ok!”. Agora ele já fala que a Wendy é a mamãe do Toby ❤

photo 1 photo 2

Eu só não falei mais porque eu estava MUITO emocionada nesse momento. Eu fiquei gelada e, por alguns instantes, parecia que eu estava em 1987 e DENTRO do filme. Eu sei que isso parece doideira, mas quem é fã do filme vai entender o que eu estou falando 😉

Foi uma tarde ótima e espero que outras assim aconteçam com mais frequência em nossa vida 🙂

Para quem não conhece o filme, segue o link do trailer:

Essa é a música-tema do filme (uma das minhas músicas favoritas):

Eu acho que eu esqueci de comentar, mas o David Bowie e a Jennifer Connely moram em NY ❤ Segue a foto da Jennifer para, caso vocês se esbarrem na rua, você possa reconhecê-la 😉

Jennifer Connelly

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s