Não Faça Isso em Nova York!

Olá Pessoal!

Eu sei que este post pode parecer, inicialmente, sem sentido para algumas pessoas; mas, para aquelas pessoas que, como eu, MORREM de medo de rato, este post será bastante útil. Eu já avisei sobre os bed bugs, então agora é a hora de falarmos sobre os RATOS.

Nova York é o lugar onde eu mais vi ratos na minha vida. É impressionante isso por aqui. No metrô então…nem se fala. E, juro, eu já vi ratos maiores que muitos gatos; já cheguei a me mudar de um apartamento pois, na mesma semana, matamos TRÊS ratinhos.

Quando um bombeiro me contou que muitos ratos entravam nas casas a partir dos vasos sanitários eu quase cai para trás. Mas gente, como assim? A mesma explicação que ele me deu está em um dos links no final deste post (está em inglês, mas dá para entender o processo). Existe uma maneira de evitar o problema que é deixar a tampa do vaso sanitário sempre fechada.

Por isso, uma coisa que eu sempre aviso aos hóspedes que alugam o quarto aqui em casa é: por favor, SEMPRE BAIXE A TAMPA DA PRIVADA.

Isso é questão de segurança!!!!

Além disso, NUNCA sente no vaso sanitário sem antes olhar. Vai que… 😉

Não vou explicar muito mais no post, pois não gosto de falar no assunto 😉 mas separei três links que ilustram o tema desse post de hoje.

Aqui estão uns links interessantes sobre esse assunto:

http://www.megacurioso.com.br/animais/75435-ratos-podem-sair-pela-sua-privada-e-de-maneira-muito-facil-video.htm

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/the-new-york-times/2015/06/25/nova-york-intensifica-novamente-a-guerra-contra-os-ratos.htm# (apesar desta reportagem ter sido publicada em 2015, o tema continua atual)

E além de ratos, parece que é possível encontrar outras coisas também 😉

http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2011/03/menina-de-7-anos-leva-susto-ao-achar-jiboia-dentro-de-privada-na-alemanha.html

Se gostaram, não deixem de curtir o post 😉

Vejo vocês no próximo post! Byyeeeeee

Follow us on FACEBOOK: http://www.facebook.com/viajantesemmala

Follow us on INSTAGRAM: @viajantesemmala

Follow us on TWITTER: @Viajantesemmala

Níveis de Pólen em Nova York

PART1

Olá Pessoal!

Eu tenho a mais absoluta certeza que eu já escrevi um post lá na nossa página do facebook (www.facebook.com/viajantesemmala) falando sobre esse assunto, mas eu hoje pesquisei e não encontrei NADA aqui no blog. Por isso, aqui vai o post 😉

Eu tenho alergia a pólen (isso desde que morava no Brasil), mas o problema aqui em NY TRIPLICOU 😦 Já cheguei a ficar quase sem ar em uma ocasião no qual eu estava no parque, bateu um vento e aquele pólen todo foi aspirado 😦 😦 😦 Fora aquela sensação de gripe e, que na verdade, é a alergia.

Por isso, desde o início do ano, estou tomando anti-alérgico praticamente TODOS OS DIAS. E segundo a minha médica, parece que ainda será assim por um bom tempo. Mas, ainda bem que há remédio para isso e que ele faz efeito. Desde que comecei a tomá-lo, NUNCA MAIS tive nariz escorrendo e nem tosse. Aliás, mentira, semana passada tive uma crise horrível, mas foi porque eu descobri que agora sou alérgica a ABACAXI (uma das frutas que eu mais gosto). Bom, vamos voltar ao assunto do pólen 🙂

Para quem tem alergia e vai viajar para NY, eu recomendo FORTEMENTE que já comece a tomar a medicação no Brasil uns 3 dias antes da viagem e NÃO ESQUEÇA de incluí-la na bagagem.

Nesse link abaixo, é possível verificar o nível de pólen informando apenas o zip code (o cep de onde você está). Através deste site, é possível checar o nível de pólen do dia e dos próximos cinco dias:

https://www.pollen.com/

Esse é outro site (que eu inclusive uso para checar a temperatura) e que estou mais familiarizada:

https://weather.com/forecast/pollen/l/New+York+NY+USNY0996:1:US

Se você tem alergia, não deixe de checar essas informações enquanto estiver na cidade 😉 e, caso precise, consulte o seu médico para ver a questão da dosagem da medicação – não deixe de perguntar o que fazer no caso de uma crise alérgica.

Vejo vocês no próximo post! Byyyyeeeeeee

Follow us on FACEBOOK: http://www.facebook.com/viajantesemmala

Follow us on INSTAGRAM: @viajantesemmala

Follow us on TWITTER: @Viajantesemmala

Café da Manhã em Nova York

Olá Pessoal!

Eu sei que muitos de nós adoramos viajar e tomar café no hotel, não é verdade? Inclusive, quando estamos procurando hotéis online, sempre damos preferência para aqueles que servem o café da manhã, não é assim? Pois, para NY, ESQUEÇA isso.

Alguns hotéis em NY realmente servem café da manhã, mas não é a grande maioria. E acredito que isso tenha uma explicação 🙂 (ou, pelo menos, eu tenho algumas teorias para explicar o fenômeno…rs).

Os nativos (new yorkers) NÃO costumam tomar café da manhã em casa. Por isso, é possível ver um monte de gente comendo no metrô, tomando café pela rua, ou mesmo, comem no trabalho. Exatamente por isso, a cidade oferece uma infinidade de opções para café da manhã. Para vocês terem uma idéia, até algumas farmácias (como a Duane Reade) oferecem (para venda) café da manhã em algumas unidades (tem a máquina de café, bagels, muffins, etc.). Ou seja, NINGUÉM PASSA FOME EM NY 🙂

E o que é mais comum as pessoas comerem aqui?

Café e bagels são a cara de NY e, por isso, essa combinação é facilmente encontrada por aqui. Não podemos esquecer também das panquecas, aveia, sucrilhos (de todos os tipos) e, por aí vai. Claro, também devemos levar em conta que NY conta com pessoas do mundo todo e, por isso, há pontos de vendas de comidas específicas para aquela origem. Por exemplo, moro em um bairro que conta com muitos gregos e árabes, por isso, é super comum ver a venda de pães típicos deles.

Purchase_Coffee_and_Bagel

O café aqui é de uma variedade incrível: tem gosto para tudo 🙂 (aliás, isso merece um post em separado). Para quem não gosta de “cháfé”, peça o EXPRESSO (bem mais forte). Os bagels geralmente são comidos com cream cheese ou mesmo uma geléia.

Para quem quer comer baratinho, as grandes redes como Burger King e Mc Donald’s, por exemplo, possuem um cardápio só para o café da manhã. Outros locais que também valem a pena são:

https://www.dunkindonuts.com

http://www.starbucks.com/

https://www.europacafe.com/

http://www.wholefoodsmarket.com/

Fora isso, há muitas DELIS que também oferecem café da manhã.

A verdade é que eu poderia passar o dia dando opções e tentando mostrar o quanto esse lance de café da manhã em hotel não é tão importante aqui em NY. Ah, e para quem gosta do nosso “pão francês”, é possível encontrar em NY com o nome de PORTUGUESE BREAD.

Para quem se hospeda aqui em casa, há várias opções não só das redes conhecidas, mas também de estabelecimentos locais.

E você, tem alguma sugestão para o café da manhã aqui na cidade? Deixe nos comentários 😉

Vejo vocês no próximo post. Byeeeeeeeee

Prescrição de Medicação em NY

Olá Pessoal!

Hoje vou contar um pouquinho para vocês como funciona o sistema de prescrição de medicação em NY.

Com certeza, vocês já viram em algum filme americano aqueles potinhos laranjas onde tem o nome da medicação (que geralmente é o que aparece em evidência para você saber o que foi que a pessoa ingeriu…rs). Pois é, é assim que costumamos pegar os remédios prescritos aqui.

Mas como é o processo? (eu vou explicar como é que sempre funcionou para a gente; se há alguma outra forma diferente, aí eu já não sei explicar 😉 ).

Existem dois tipos de medicações:

  • Prescription drugs (remédios que precisam da prescrição do médico)
  • Over-the-counter drugs (remédios que são vendidos sem prescrição; estão lá dispostos na prateleira de todas as farmácias)

Quando o paciente visita o seu médico e este prescreve uma medicação, o pedido já é enviado online diretamente para a farmácia de sua escolha. Sempre que eu vou preencher minha ficha no médico, eu preciso levar o endereço da farmácia que eu uso. Agora, é LEI em NY: todas as prescrições devem ser enviadas diretamente para a farmácia.

Quando o paciente sai da consulta, muitas vezes já pode ir direto à farmácia buscar o remédio que já estará pronto à espera dele 😉

O que consta no rótulo do remédio?

No rótulo constará as seguintes informações:

  • Endereço completo da farmácia
  • Nome completo do paciente
  • Endereço completo do paciente
  • Nome da Substância
  • Nome fantasia do remédio
  • Quantas miligramas
  • Forma de uso (por exemplo: tome 1 cápsula por dia)
  • Quantidade da medicação (por exemplo: 30 cápsulas)
  • Número de registro do paciente na farmácia
  • Data da prescrição da medicação
  • Data de validade da medicação
  • Data de validade para pegar refil (se for o caso de ter o refil disponível)
  • Nome do médico que fez a prescrição
  • Possíveis efeitos colaterais comuns (por exemplo, estou tomando um antialérgico e vem um aviso dizendo que ele pode causar tontura).

Junto à medicação, bem um papel impresso com os mesmos dados do rótulo do remédio (todos esses citados acima) e a BULA (tudo em um mesmo papel). Vale ressaltar que as tampas são aquelas “protegidas” de crianças 😉

IMG_9215

Quando o remédio está para acabar, a farmácia manda uma mensagem de texto para a gente dizendo que já está na hora de solicitar um novo refil. O processo é todo feito pelo telefone e depois é só ir buscar na farmácia.

Esse ano, pela primeira vez em 8 anos de NY, eu precisei tomar uma medicação controlada e o potinho é como o usual, só que vem com uma TARJA LARANJA (como demonstrado na foto) que alerta para o caso da substância ser controlada; é perigoso a menos que seja usado como prescrito. Ou seja, é o tipo de medicação que, no Brasil, vem com a tarja preta.

IMG_9216

Alguns planos de saúde COBREM a medicação e, outros, ajudam a pagar a medicação (e o paciente paga uma parte).

Eu devo confessar que já me acostumei com essa facilidade 🙂 E quando o remédio está sem refil, é a PRÓPRIA FARMÁCIA que liga para o médico para resolver o problema da prescrição 🙂

Diferente do Brasil, né?!

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeee

 

Por Favor, Pare Com Isso!!!

15-icone-negado-pare

 

Olá Pessoal!

Eu sei que eu sempre falo isso: “ah, esse é um daqueles assuntos que ficam remoendo na minha cabeça e eu sempre acabo protelando para escrevê-lo”, mas é verdade. Minha cabeça fervilha de idéias e os dedos no teclado não acompanham a rapidez 😉

Na verdade, estou tentando introduzir, de maneira bem amena, um assunto um tanto quanto chato (pelo menos, eu acho e sei que algumas pessoas também compartilham do meu pensamento…rs): o comportamento das pessoas nas redes sociais em relação ao lazer/viagem dos amigos e familiares.

PELOAMORDEDEUS, vamos parar de postar certos comentários nas fotos dos amigos porque isso pega mal, muito mal. Ainda não entendeu qual o assunto do post de hoje? Vou te dar um exemplo 😉

Fulano posta foto dele com a família em NY. Aí, lá vem os comentários:

  • “Nossa, não sabia que tinha acertado na loteria” (quer dizer que só viaja quem ganha na loteria???)
  • “Tá podendo, hein?!” (nossa, essa é de dar vontade de dar uma voadora no peito do infeliz que escreveu esse comentário)
  • “Tá chovendo muito aí?” (não, a pessoa está segurando o guarda-chuva porque acha bonito posar com guarda-chuva nas fotos).
  • “Não esquece a minha lembrancinha, tá?!” (é sério, tem gente que além de pedir, ainda diz qual é a lembrancinha que quer $#@%&8*)
  • “Nossa, vou te mandar uns pedidos de encomenda por inbox” (gente, você nem sabe se a pessoa tem dinheiro para comprar e já fica colocando o amigo nessa saia justa?)
  • “Ah, eu também já visitei tal lugar” (vai lá e bota uma foto dela no comentário, no mesmo ponto) (sim, e?????)
  • “Nossa, não tem ninguém para tirar uma foto sua? Você só posta selfie” (sim, porque a pessoa está viajando sozinha e não quer ficar incomodando os outros. Qual o problema com selfies?)
  • “Nossa, que cara abatida! Nem parece que está de férias!” (Dormir…eu durmo em casa 😉 )
  • “Nossa, que montagem linda!” (responder o que para esta pessoa?!)
  • (a pessoa não deixa recado nenhum, mas posta a foto dela no mesmo lugar). Oi?????!!!!!!
  • Tá gordinha, hein amiga?! (falar o que para uma criatura que posta um comentário desse?!)
  • (na época de inverno): “Meu Deus, você não tem outro casaco? Sai com o mesmo em todas as fotos!” (essa eu respondo sempre mentalmente).

Uma dica: quando você estiver passando pelas fotos dos amigos, deixe recadinhos do tipo:

  • Que legal!
  • Você merece!
  • Aproveite a viagem!
  • Férias merecidas!
  • Descanse!
  • Passeie bastante!
  • Como você ficou bem nessa foto
  • etc.

Se você acha que nenhum desses recadinhos servem, ENTÃO PASSA RETO.

“Ah, mas fulano sabe que eu sou brincalhão”. Gente, isso está mais para inveja do que para brincadeira. Tem muita gente que se incomoda com esse tipo de comentário. Por isso, ATENÇÃO!

Eu tenho uma amiga que diz que é nessas horas que nós conhecemos os nossos amigos. E acho que é verdade isso.

Se é para desejar algo, deseje o bem. Mande boas vibes. Viajar faz bem e todos merecemos, não é?!

Esse post não é para criar polêmica, mas sim para divertir um pouquinho 😉

Lembrou de mais algum comentário que eu não citei? Manda para mim que eu atualizo o post 😉

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeee

 

As Essências da Linha Fantasia – Victoria’s Secret

Olá Pessoal!

Este post é dedicado as pessoas que gostam da marca VS, que estão por fora das novas essências e, também, que não estão sabendo que algumas essências SAÍRAM DE LINHA 😦 😦 😦

Quais são as essências que ainda estão sendo vendidas? Eu fiz uma lista e misturei as novas (que também podem ser edição limitada) com as mais antigas 😉 Vamos aos nomes:

  • Love Spell
  • Pure Seduction
  • Aqua Kiss
  • Love Addict
  • Vanilla
  • Amber
  • Coconut Passion
  • Dream
  • Rush
  • Mango Temptation
  • Sheer Love
  • Temptation
  • Untamed
  • Undeniable
  • Unapologetic
  • Captivated
  • Hypnotized
  • Total attraction
  • Kiss
  • Passion Struck (a minha favorita atualmente)
  • Romantic
  • Exotic
  • Secret Escape
  • Pear Glacê
  • Tropical Citrus
  • Pure Citrus
  • Blooming Citrus

Sempre que forem escolher o aroma, não deixem de lembrar que aqueles que são CITRUS tendem a estragar mais rápido 😉 Se você é do tipo que não usa muito, sugiro escolher outra essência.

Aquelas embalagens MAIORES…NÃO existem mais. Agora a embalagem maior vem com 236ml (no estilo bisnaga).

endlesslove-500x500

Embalagem antiga que NÃO está mais sendo vendida

V442354

Embalagem nova

Algumas essências também não existem mais, como por exemplo, a MORANGO COM CHAMPANHE. A essência que eu já comecei a sentir falta foi da ENDLESS LOVE 😦 😦 😦 Isso quer dizer que, se você gosta de alguma essência que NÃO está na lista acima, corre para as muambeiras e faça o seu estoque 😉

Na minha opinião, as novas essências são muito boas e, espero que algumas, que são edição limitada, permaneçam 🙂

Se gostou do post, não esqueça de curti-lo!

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeee

 

O Mercado Plus Size em Nova York

IMG_2947

(Capa de um catálogo da Macy’s – 2015)

 

Olá Pessoal!

Já saí do Brasil há quase 9 anos e, vou basear este post no que eu me lembro do comércio brasileiro e do que os nossos hóspedes nos contam 😉

É MUITO RUIM comprar roupa PLUS SIZE no Brasil. Quando a roupa não é pequena (e se diz plus size), ela é feia. Não estou dizendo que TODAS AS LOJAS são assim, mas uma grande maioria ainda é 😦

Já aqui em NY as coisas não são assim 😉

Aqui tem moda para todos os tamanhos e a variedade é grande (tanto para mulheres quanto para homens). Ah, não podemos esquecer que crianças e adolescentes acima do peso também podem encontrar facilmente roupas plus size.

Marcas como Calvin Klein, Michael Kors e GAP, por exemplo, possuem linhas especiais para plus size (isso quando não oferecem os tamanhos maiores junto com os tamanhos menores, como pequeno, médio e grande).

Aqui, os tamanhos plus size são XL, XXL e XXXL.

É possível encontrar desde roupas de baixo até roupas de festa com esta numeração.

Na Macy’s, por exemplo, um dos andares femininos é dividido em roupas PLUS SIZE de um lado e Petit do outro. A variedade de roupas e marcas é maravilhosa: tem para todos os gostos e bolsos.

Uma loja que eu sempre recomendo para comprar roupas plus size é a LANE BRYANT (http://www.lanebryant.com/). O caimento das roupas é fantástico pois é uma marca que se dedica a moda plus size 😉

Os catálogos de moda andam aumentando o número de anúncios com modelos plus size; inclusive, ano passado, recebi um catálogo da Macy’s só com modelos plus size.

O melhor de tudo: em muitas ofertas nas lojas, os tamanhos plus size acabam tendo descontos mais bacanas, pois são as roupas que costumam “encalhar” na prateleira.

E olha, aqui a mulherada não tem vergonha de estar um pouco acima do peso: usam roupas coladas e coloridas 🙂

Segue aqui algumas fotos de roupas que eu fotografei de alguns catálogos:

IMG_2953 IMG_2952 IMG_2951 IMG_2950 IMG_2949 IMG_2948 IMG_2946 IMG_2945 IMG_2843 b8d4df3b90417fe2c66bf039c1544e77

Se você veste plus size e está querendo renovar o seu guarda-roupa, NY não vai decepcioná-la 😉

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeee

 

Como Preparar a Sua Mala de Viagem para Nova York

Olá Pessoal!

Arrumar mala é sempre uma tarefa difícil, não é? Bom, eu particularmente não acho, pois já desenvolvi o meu estilo e ele sempre funciona para mim. Por isso, vou dividir aqui com vocês o que eu faço e espero que ajude (nem que seja um pouquinho) a arrumação da sua mala.

FAÇA UMA LISTA: eu sei que tem gente que acha que lista é coisa de gente obsessiva, mas elas funcionam, principalmente para arrumar a mala. Não deixe de colocar nem os itens básicos, aqueles que você JURA que não irá esquecer. As minhas listas costumam conter ITEM POR ITEM e na hora que eu coloco na mala, eu dou um  e pronto. O bom de preparar uma lista é que esta mesma lista serve para você arrumar a sua mala NA VOLTA e, te ajuda a não esquecer NADA no local onde você se hospedou. Se você estiver fazendo 2 malas, você pode colocar do lado do item em qual mala você colocou (geralmente eu escrevo só a primeira letra da cor da mala). Eu também faço uma SEGUNDA lista com os documentos/remédios e outras coisas importantes para fazer antes de viajar. Eu não fico contando com a minha memória. Geralmente, eu faço a minha lista umas 2 semanas antes da viagem. Dependendo do que eu for levar, se eu não for usar dentro desse período, eu já coloco na mala.

lista-final

Listas são amigas e não inimigas dos viajantes!

PRODUTOS DE HIGIENE PESSOAL: sempre que uma escova de dentes “está para vencer”, eu separo ela para minha viagem; shampoo, condicionador, sabonete e pasta de dente eu também espero ficarem no final e separo 🙂 A minha idéia é sempre chegar no destino com estas coisas e, depois descartá-las para ter lugar na mala 😉 Há pessoas que preferem comprar no destino, mas eu prefiro gastar meu dinheiro com outras coisas 🙂 Touca de banho também é super importante, não é meninas?!

higiene_pessoal_

Esses itens geralmente são os primeiros que eu coloco na mala!

ROUPAS DE BAIXO: antes das minhas listas, eu já cheguei a viajar esquecendo calcinha e meia em casa. Depois da lista, NUNCA MAIS \o/ Geralmente, eu escolho peças que são de fácil secagem, pois eu posso querer lavar e, com certeza, vou precisar que seque logo. Faça a conta para 1 para cada dia, mas lembre-se de lavar nos primeiros dias pelo menos UMA para uma emergência 😉

calcinhas

Nada de esquecer as roupas de baixo!

SAPATOS: NY é uma cidade para ser conhecida À PÉ! Por isso, nada de trazer tênis novo na mala. Se ele for “relativamente novo”, tenha a certeza de usá-lo antes no Brasil (pelo menos umas 3x e andando bastante). Já vi muita gente tendo que comprar um tênis aqui porque errou na hora de trazer o calçado. Para o INVERNO, você pode trazer um tênis e comprar uma bota AQUI. Se você é uma pessoa que pensa em viajar para lugares frios em outras oportunidades, a compra não será perdida. Outra opção seria pegar emprestado uma bota de uma amiga (se esse for o caso, tenha a certeza de que o calçado não vai doer o seu pé). Investir numa meia térmica é sempre uma boa pedida para poder andar de tênis. Mesmo no VERÃO, se você for andar muito (tipo cruzar a ponte do Brooklyn) VÁ DE TÊNIS. Eu sei que sandálias são lindas e combinam super com aquela roupa, mas se ela forem tipo rasteirinha, você vai TORRAR o seu pé embaixo. Se quiser fazer o teste, vá com ela, mas leve um tênis na mochila para trocar caso você sinta dor nos pés. Então, para sapatos o lance é o seguinte: traga um TÊNIS e um sapato mais arrumadinho (para sair à noite ou para um lugar mais chique). O calçado preto sempre é uma ótima pedida porque combina com tudo.

sapato-da-barbie

Deixe esse tipo de sapato em casa. Se for o caso, compre um aqui em NY 🙂

ROUPAS: eu sempre levo UMA blusa para cada dia e SEMPRE compro pelo menos uma camiseta/blusinha na viagem. As blusas geralmente são bem leves para não pesar na mala. Essa é a minha mala para 1 semana. Se eu for ficar mais do que 7 dias, eu lavo as roupas 🙂 Levo 1 calça jeans, uma outra calça (pode ser aquelas de seda, mais leves) e uma saia. E só! Se estiver frio, eu levo 1 par de luvas, 1 cachecol, 1 gorro. Mesmo no verão, eu sempre levo um casaquinho (daqueles para outono) para não passar frio no avião ou mesmo no teatro, por exemplo. Já tive hóspedes que trouxeram roupas mais velhas e que DOARAM elas aqui em NY (para poder ter mais espaço na mala). Roupas térmicas também são necessárias e eu já fiz um post para o blog explicando o que trazer na mala no inverno 😉 Ah, um pijama DECENTE também, pois já vi turista tendo que evacuar o local onde estava hospedado e passando vergonha com a roupa que estava 😦

roupas

Escolha roupas que são facilmente combináveis

REMÉDIOS: eu sempre viajei com os meus remédios para cá, principalmente os de alergia. Se você tiver alergia, sugiro começar a tomar a medicação uns 3 dias antes de chegar (isso principalmente na época da primavera e do inverno). Um relaxante muscular (como o DORFLEX, que é um remédio que NÃO VENDE NOS EUA) pode ajudar naqueles primeiros dias onde, depois de andar muito no dia anterior, você mal consegue mover a sua perna no dia seguinte…rs. Se você toma algum remédio importante, traga uma receita (em inglês) para o caso de precisar comprar aqui.

remedios-descontrolados

Traga a sua farmacinha com você

ADAPTADORES/CABOS/PILHAS: isso é super importante! Já tive hóspede que ficou com o celular sem carregar porque havia esquecido o carregador e o meu celular era diferente do meu. Se for trazer pilhas, deixe para carregar na noite anterior.

adaptadorcarr2

Traga o carregador de cada aparelho que você trouxer

ACESSÓRIOS: não esqueça tiara, lenço, chapéu, boné, etc. Traga aquilo que você está acostumada a usar. Eu sempre gostei de comprar esse tipo de coisa em minhas viagens para NY, mas eu sempre tinha UM desses itens na minha bolsa de viagem. Não traga jóias, a não ser que você venha com elas no corpo (brinco, corrente, etc.) e não vai tirá-los na viagem. O risco de perder sempre é grande. Um lenço (que também pode ser usado no cabelo, se você quiser) é sempre um bom coringa, já que você pode usá-lo com vários looks 😉

acessorios-femininos-1

Venha já com elas no corpo e, se precisar, compre algo aqui ❤

MOCHILA: super importante! Não esqueça! Saia com ela todos os dias para todos os cantos (contudo, prepare-se para abri-la (para inspeção) ou para deixá-la em algum guarda-volume quando for necessário.

Mochila da MK

Ela precisa ser grande o suficiente para colocar a sua carteira e uma garrafinha de água 🙂

CADEADO PARA AS MALAS: se você estiver vindo apenas com uma mala, traga um cadeado extra, para o caso de você querer comprar outra mala ou, mesmo o cadeado estragar. É possível comprar aqui o cadeado, mas ele provavelmente vai sair mais caro do que comprar no Brasil. Precisa ser aqueles do tipo TSA.

cadeado

Se o cadeado não for TSA, você corre o risco de ter o seu cadeado QUEBRADO para inspeção da mala

 

Para NY, é sempre bom você estar a par da temperatura. Por causa disso, eu sugiro arrumar a sua mala com as coisas principais 3 dias antes da viagem. Por quê? Porque você pode olhar como será a temperatura e escolher melhor as roupas que você irá trazer. Para isso, você pode acessar o http://www.weather.com e pesquisar NEW YORK.

A grande maioria dos turistas tem direito a duas malas de 32 kilos cada uma. Se você puder, coloque uma mala dentro da hora para vir. Assim, você pode pegar o metrô/ônibus e economizar 😉

Enfim, NY é uma cidade onde cada um se preocupa com a sua própria vida. Já vi gente sair de pijama, cabelo despenteado e NINGUÉM reparar. Combinação de cores também é algo que as pessoas costumam não se preocupar muito. O importante é você estar feliz com a forma como você se veste.

Se os seus amigos/familiares comentarem que você saiu com a MESMA JAQUETA em TODAS AS FOTOS, é só dizer: HELLLOOOO, eu precisava de espaço na mala para trazer as minhas coisas. E, acima de tudo, você estava usando a mesma jaqueta em NOVA YORK!!!!!!!!! 😉 🙂 🙂 😉

Vou fazer na próxima semana um post contando como eu arrumo a mala para a volta ao Brasil. Já ajudei muito hóspede a arrumar mala e, ADORO fazer isso 😉

Se gostaram do post, não esqueçam de curti-lo ❤

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeee

Garrafas da Coca-Cola Diet

Olá Pessoal!

Esse post será bem curtinho, pois o objetivo é apenas mostrar essas garrafinhas fofas.

A foto abaixo eu tirei na TARGET (do Queens) e estas garrafas estavam chamando bastante a atenção das pessoas que passavam em frente a esta prateleira.

 

IMG_8202

A foto não ficou lá das melhores, mas a loja estava lotadassa e tinha um monte de gente querendo tirar foto também 😉

Pelo que eu ouvi alguém falando por lá, estas garrafas são “únicas”: a idéia da propaganda é daquela 1 em 1 milhão. Ou seja, é uma edição supppper limitada 🙂

Aqui vai mais uma fotinho (mais bonitinha) para mostrar essas garrafinhas:

CocaColaIsrael_DietCokeMillionsofOneofaKindBottles20141024010426

Lá na Target, cada garrafa está sendo vendida por U$1.99 + taxes.

Não falei que o post era curtinho 🙂 🙂 🙂

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeeeeee

Dica de Leitura da Viajante: “The Tumor”

john-grisham-b-435

 

Olá Pessoal!

Achei tão legal essa iniciativa que eu decidi compartilhar com vocês essa informação 😉

O autor John Grisham, que é um autor super famoso e com váaaarios livros publicados (a grande maioria com histórias ligadas à advocacia) e, no qual alguns deles viraram filmes (lembra do filme: “o dossiê pelicano?!), decidiu fazer uma boa ação: escrever um livro e doá-lo para as pessoas. Isso mesmo que você leu!

O livro: “The Tumor” (não vi tradução para o português) conta a história de Paul, um homem de 35 anos que tem uma esposa, 3 filhos e um tumor nascendo despercebidamente em seu cérebro. Um dia, a mulher dele escuta um barulhão vindo do banheiro e, quando lá chega, descobre o seu marido desfalecido no chão. Daí começa a trama 🙂 Não vou contar mais nada para não estragar a história.

O livro é relativamente curto (tem só 50 páginas), mas o autor quis escrever uma história para alertar/informar as pessoas sobre o uso do focused ultrasound. No Brasil, é conhecido pelo nome de HIFU (palavra que em inglês quer dizer High Intensity Focused Ultrasound) e que sognifica ultrassom de alta frequência e intensidade.

Perdi minha avó com câncer e gostaria de ter lido isso na época em que ela estava doente. De qualquer forma, sinto-me na OBRIGAÇÃO MORAL de ajudar a divulgar algo que, não beneficiou a minha família, mas poderá beneficiar outras 😉

Não vou discutir os pormenores do que é o focused ultrasound para não acabar falando besteira, MAS é só jogar no google que dá para encontrar bastante informação em português.

Vale lembrar que o autor já é bem rico e famoso; portanto, escrever e doar o livro nada tem a ver com a idéia de que ele ficará mais conhecido, pois ele já é 🙂 Inclusive, em uma das reportagens que eu li na net, fala-se que o agente dele não queria que o livro fosse publicado.

Para quem quiser saber mais sobre o FOCUSED ULTRASOUND, é só clicar no link:

http://www.fusfoundation.org/

Para quem quiser baixar GRATUITAMENTE o livro (em inglês – versão kindle), é só “comprar” na AMAZON:

http://www.amazon.com/gp/product/B01AUYDNI6?

Eu tenho o livro em PDF e posso passar por e-mail para quem quiser: é só deixar o endereço de e-mail nos comentários. O pdf é em inglês. Ainda não li o livro, por isso não posso falar mais sobre ele 😉

Alguém já leu e gostaria de tecer alguns comentários? Fique à vontade ❤

 

Vejo vocês no próximo post! Byyyeeeeeee