Criando um Filho Bilingue em Nova York

Olá Pessoal!

Este foi um post sugerido por uma mãe que nos segue e que está muito preocupada com o futuro da filha pequena, que está de mudança do Brasil para os EUA.

É interessante como essa é uma pergunta que é feita assim que os nossos hóspedes conhecem o Lukinha 🙂 : “mas ele fala inglês ou português?”. Vou contar agora um pouco sobre a minha experiência em relação a esta questão.

Quando estava grávida, decidimos que aqui em casa seria falado os dois idiomas: inglês e português. A minha missão seria transmitir a minha língua materna e caberia ao Uka ensinar ao Lukinha o idioma inglês. Algumas pessoas nos criticaram, dizendo que assim o Lukinha não aprenderia o português e blábláblá. Mesmo assim, optamos por criá-lo dessa forma. E EU NÃO ME ARREPENDO.

Lukinha demorou a falar (pelo menos aos olhos do Uka). Uka passou 1 mês sem ter contato direto com o Lukinha (pois estava trabalhando no Brasil) e, quando voltou de viagem, disse que não entendia nada do que o Lukinha dizia. Ele levou esta queixa até a pediatra e Lukinha foi encaminhado para fazer uma avaliação. Eu particularmente não achava que Lukinha tinha problema; afinal, aqui em NY ele não é exposto apenas ao inglês: ele também é exposto ao espanhol e a outros idiomas. Posso dizer que, durante uma fase da vida dele, ele falava 3 idiomas: inglês, português e Luquês 😉

Fomos muito consistentes em relação ao ensino dos dois idiomas e acho que isso ajudou Lukinha na hora em que começou a falar.

SIM, até hoje Lukinha mistura os dois idiomas. Ele entrou na escola dia 11 de setembro desse ano (com então 4 anos) e, fiquei bem feliz em ver que ele sabia qual idioma usar com os amiguinhos e que conseguia se comunicar quase que perfeitamente com eles. Vi crianças que não falavam inglês e pareciam um pouco incomodadas. Pelo que eu pude perceber no dia da reunião dos pais, pelo menos uns 70% dos alunos da classe do Lukinha são bilingues.

NÃO, o Lukinha não se incomoda em ser corrigido e puxado o português dele. Sei que muitas mães reclamam que o filho se recusa a falar português. O Lukinha não recusa e repete o que você fala; contudo, quando ele está brincando sozinho, o inglês é a língua que aparece em quase 80% da brincadeira. Não acho isso ruim, pois ele é americano e este é o idioma dele. Eu faço questão que ele aprenda português porque é o idioma dos pais dele, é o idioma usado para conversar com a família (que está toda no Brasil e nem todos falam inglês), faz bem para o cérebro aprender idiomas e… tenho certeza que, no futuro, saber outro idioma (além do inglês e espanhol que ele irá aprender) será o diferencial na carreira dele.

Pretendo que Lukinha também seja alfabetizado em português e eu mesma encarregarei-me disso. Afinal, já dei aulas de português para crianças e ACHO 🙂 que levo jeito para a coisa.

Lukinha é um menino muito esperto e curioso. Por enquanto, não deu sinal de que o português será um problema na vida dele. Vamos ver como isso se dará no futuro.

Agora que o Lukinha entrou na escola, o Uka começou a falar português com ele. Hoje, por exemplo, quando saiam da escola, o Uka começou a falar português, Lukinha reconheceu e perguntou o motivo do Uka estar falando português…rs

Para aqueles pais que estão com medo de seus filhos terem problemas de adaptação por causa do inglês, aqui vai uma explicação para acalmá-los. Em sua grande maioria, as crianças conseguem se adaptar melhor do que nós adultos. Elas são umas esponjinhas e o seu poder de fixação é bem maior.

Já ouvi falar de algumas escolas que fazem uma adaptação especial com as crianças estrangeiras, mas infelizmente eu não sei fornecer maiores informações sobre isso. Vou tentar convidar alguma mamãe para escrever aqui no blog contando sobre essa experiência.

Para resumir, atualmente Lukinha encontra-se no seguinte estágio: entende tudo nos dois idiomas, mas sente-se mais confortável no inglês 🙂 No futuro, caso aprender português cause tremendo desconforto a ele (como eu já vi acontecer com algumas crianças) eu não vou forçar, pois afinal, ele é americano e não deveria ser OBRIGADO a aprender outro idioma.

Claro que continuo falando português com ele e exponho o Lukinha ao máximo no idioma, lendo livros, ouvindo música e assistindo desenhos em português (como o da Turma da Mônica). Aliás,  o Chico Bento é o amiguinho que dorme com ele 😉 Também não posso deixar de citar que os nossos hóspedes nos ajudam também 🙂

Essas são algumas fotos do Lukinha em seu primeiro dia de aula. Ele estava muito animado e sentiu-se muito à vontade no ambiente escolar.

IMG_5358

IMG_5355

IMG_5353

Acho que é isso 🙂 Espero que tenham gostado ❤

Vejo vocês no próximo post! Byeeeeeee

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s