Dica de Compra: Capa para Celular

Olá Pessoal!

Eu não sei de vocês, mas eu sempre gostei das capinhas de celular. As minhas sempre foram cheias de fru-fru 🙂 mas isso só até eu ter um filho….rs

Lukinha é lindo, mas a mão é muito desastrada (que o Uka não leia, mas a dele também é…tal pai tal filho). Por isso, tive que pesquisar uma capinha que fosse durável e que realmente protegesse meu celular de quedas. Porque, vamos combinar, essas capinhas lindas só servem de enfeite (pelo menos, a maioria delas são assim, né?).

A minha primeira capinha resistente foi uma preta e que era vendida com o título de SURVIVOR (SOBREVIVENTE). Já dá para imaginar, né? Ela era bastante grosseira para uma capinha de mulher, MASSSSSS deu conta do recado. Devo confessar que no início eu estranhei, mas depois eu curti. Toda vez que eu ía limpar o celular e via que ele estava como novo já me deixava feliz ❤

Então, troquei de celular e lá fui eu procurar uma nova capinha. Já tinha até me conformado com a capinha preta, mas aí eis que encontro uma PINK 🙂 Essa não é a minha cor preferida, mas a capinha era bem mais feminina 🙂 🙂 🙂

IMG_8612

IMG_8613

O tamanho do celular TRIPLICA com essa capinha e, o que para mim foi um diferencial (que eu também tinha na capinha antiga) é que tem tipo uma película de proteção na frente (o que, em teoria, evitará de trincar/quebrar/rachar o vidro).

Claro que Lukinha já derrubou no chão e o coitadinho do fone aguentou firme!

A minha capinha eu comprei na BEST BUY (há disponibilidade de outras cores também).

Segue o link do produto:

http://www.bestbuy.com/site/otterbox-defender-series-case-with-holster-for-apple-iphone-6-plus-neon-rose/8753558.p?id=1219365658953&skuId=8753558

Se você não gostou dessa capinha, a Best Buy tem uma variedade de outros modelos.

Espero que essa dica seja útil!

Vejo vocês no próximo post 😉

Advertisements

Recomendação de Motorista em Nova York

Olá Pessoal!

Acho que esse será um dos posts mais curtos do nosso blog. Contudo, não será o menos importante. Muito pelo contrário 😉

Semanalmente, recebemos muitas mensagens de pessoas pedindo indicação de um motorista (e de preferência que seja brasileiro).

Eu tenho um para recomendar. Ele é americano, mas fala português fluente. O nome dele é Carlos e eu só estou recomendando porque confio plenamente no trabalho dele.

Ele é um motorista solicito, educado e que dirige muito bem (acho que esse é o fator mais importante, não é mesmo?!).

Eu não tenho uma foto do carro dele (prometo que postarei uma assim que ele me mandar), mas essa foto abaixo é de um carro do mesmo modelo.

photo (1)

O carro é bem limpinho e, com certeza, vocês não encontrarão bed bugs nele…rs

Ele não faz apenas o serviço de translado dos aeroportos: ele oferece também preços especiais para os outlets e tours personalizados (de carro).

Os contatos do Carlos são os seguintes:

  • E-mail: carl_cham@hotmail.com
  • WhatsApp: +1 201 390 9464

Agora vem a melhor parte: para quem entrar em contato com ele e disser que viu o anúncio na página/blog da VIAJANTE SEM MALA, ganhará 10% de desconto 🙂

Legal, né?! Como eu não cobro propaganda, pedi a ele que oferecesse algo ao público que nos acompanha aqui no blog, no nosso INSTAGRAM (www.instagram.com/viajantesemmala) e lá no facebook (www.facebook.com/viajantesemmala) 😉

Espero que vocês possam usufruir desse desconto e que aproveitem bastante os serviços do Carlos.

Se alguém já usou o serviço e quiser deixar aqui um recadinho, sinta-se à vontade!

Odeia ficar sem internet quando viaja pros Estados Unidos? Então vem comigo! Por @cynthiacampello

Olááá galerinha do Viajante Sem Mala! Tudo bem com vocês?

A Cris me convidou de novo pra vir aqui no blog conversar com vocês, e hoje o assunto é polêmico, HAHAHA. Ai, mas quem gosta de ficar sem internet hoje em dia né? Eu acho que se me obrigassem a ir pra algum retiro espiritual, daqueles que você vai pro meio do mato e não pega o sinal do celular, eu com certeza ia ser uma daquelas loucas que sairiam correndo colocando o bendito aparelho pra cima até carregarem todas as minhas mensagens e emails, HAHAHAHA 😛

lg1

Quando eu fui pros Estados Unidos da primeira vez, fui completamente sozinha. Imagina o nervoso dos meus pais né? Mas quem estava mais nervosa na verdade era eu, pois apesar de ter feito todos os mapinhas à mão, também estava com medo de ficar sem o GPS e o pai Google.

No primeiro dia que cheguei em Orlando, acabei utilizando a internet da Vivo, pois eu estava realmente com medo de me perder. E custou a bagatela de TRINTA REAIS um dia de uso. Sério, fico pra morrer com esses absurdos. Eu pago 50 reais de conta de celular, imagina só ter que pagar mais do que a metade pra usar apenas um dia?

Daí eu fui na loja da Apple comprar meu Iphone 5S (que por sinal eu estou vendendo, alô galera hahaha), e do lado tinha uma loja da T-Mobile. Como uma amiga já tinha usado o serviço, decidi investir e usar também.

O Chip custou US$ 10, e para cada dia de uso eu tive de recarregar US$ 3 (Cuidado na hora de comprar, pois os vendedores tentam enrolar e passar um plano mais caro! Peça exclusivamente pelo plano de 3 dólares por dia). Ou seja, passei 21 dias nos Estados Unidos, e usei o celular ilimitadamente para ligações locais, SMS e Internet 4G (que é melhor do que muita internet cabeada aqui no BR hahaha) pela bagatela de US$ 73, que com o câmbio da época, me custou R$ 168. Ou seja, quase quatro vezes menos do que se eu tivesse usado a internet da Vivo lá na viagem.

E olha que eu usei, viu? Eu tenho uma amiga que mora na Califa e a gente se ligava toda hora (Eu ficava horas passeando pela cidade e falando com ela, e a ligação não caia!). Apesar da T-Mobile ser considerada a Tim dos EUA, meu deus do céu, eu queria a Tim com essa qualidade aqui, hahahaha.

Ela só não funciona dentro do metrô e dentro do elevador (e como adoro olhar pro celular alheio, já percebi que a AT&T funciona nesses lugares, e deve ser por isso que alguns americanos tem preconceito com a T-Mobile), mas cara, sério, eu assisto vídeos no youtube com essa internet, coisa impossível com qualquer plano de dados brasileiro! Já voltei outras 3x pros EUA e usei o mesmo Chip novamente. Mas ele muda de número toda vez que você reativa colocando crédito, então sempre cheque novamente pra acabar não passando o número errado pra alguém quando for viajar.

Na minha segunda ida aos EUA, meu amigo me emprestou um chip da AT&T para testar (eu adoro testar tudo diferente pra ir contando lá no meu blog). Mas fui na loja e saí no mesmo instante, pois a AT&T só tem um plano mensal pré-pago, que custa US$ 50, ou seja, não valia a pena pra mim, pois eu só ia passar dez dias por lá. Acabei usando a minha fiel T-Mobile, da qual eu sinto saudades todos os dias quando tento carregar qualquer coisa no meu celular (que por sinal está sem internet pq eu já utilizei toda a franquia, ai que ódio!).

Ah, importante falar em franquia. Quando você consome a quantidade de dados diária (que se não me engano é de 200MB), a velocidade cai pra 2G, mas sério, o 2G deles é na velocidade do nosso 3G, então você nem vai se incomodar.

Por hoje é isso galera! Espero ter ajudado vocês que estão indo pros EUA e que são leitores do Viajante Sem Mala. Aproveita que, apesar da alta do dólar, a Cris tá fazendo uma baita promoção pra quem se hospedar lá com ela. Duas horas com ela passeando por Astoria são de ouro, viu? Eu passeei com ela por lá e além de aproveitar vários descontos, ela ainda me encheu de cupons da Bed, Bath & Beyond e toda vez que eu ligo as minhas velas aromáticas que comprei quase de graça o cheirinho me faz lembrar desse dia!

Um super beijo pra vocês e até a próxima (Me convida de novo Criiiiiiiiiiis) hahahaha ❤